... do Lecas (José Jorge Duarte) - Ainda sou do tempo

terça-feira, 11 de junho de 2019

... do Lecas (José Jorge Duarte)


José Jorge Duarte é um actor conhecido da nossa televisão. a sua voz é reconhecida por muitos, pelos seus trabalho de dobragem, mas para uma certa geração, ele é simplesmente o Lecas.

José Jorge Marques Duarte de Jesus nasceu a 7 de Abril de 1963 em Almada. e ficou conhecido no mundo artístico quando venceu o concurso Écran Mágico da RTP 2 em 1979. Artur Semedo, que era júri no programa, decidiu apostar nele e o actor começou a aparecer em sketchs de diversos programas. Em 1984 era já uma presença constante nos nossos ecrãs, colaborando em programas como Eu Show Nico e Zarabadim.

Eduardo Gomes, director de programa da RTP na altura, convida-o para apresentar o programa que dava aos Sábados de Manhã, onde eram transmitidos os desenhos animados para os mais novos. Com liberdade total para criar a personagem, deu-lhe um cunho próprio e esta tornou-se um enorme sucesso. O nome Lecas veio do coelho de Eduardo Gomes, mas tudo o resto foi criação do actor.

Foi então no Juventude e Família que estreia a personagem, que teve direito a um background e tudo, José Duarte deu-lhe o nome de Idalécio Completo Sepúlveda, que em pequeno era chamado de "meia-leca", e a alcunha ficou. Até teve direito a família, a sua namorada era a Lola (interpretada por Paula Fonseca), e tinha um primo chamado Desatino (José Pedro Gomes).



O modo original e castiço como apresentava o programa depressa conquistou-nos a todos, os mais novos deliravam com o seu à vontade e forma de falar. e os pais até lhe achavam alguma piada, tornando-o um dos rostos mais populares da RTP. Alguma crítica não era fã do seu modo de apresentar, e só o do Expresso elogiou a sua forma de estar, algo que deu força ao actor nesta nova carreira.

Confesso que no começo não lhe achava muita piada, mas depois comecei a engraçar com ele, e houve outros programas onde gostei mais de o ver. Começou a ser a principal cara de programas infanto-juvenis, apresentando "A hora do Lecas" e o "Lecas, mais certo que sem dúvida", e não estava só limitado aos Sábados de manhã.

Os seus programas tinham uma constante, divertir a ensinar, com canções e passatempos didácticos, tudo de uma forma irreverente e muito divertida. Foi por isso que sempre agradou a pais e filhos, e começou a ter outras oportunidades na TV, noutro tipo de programas, isto para além de ser uma presença regular em peças de teatro.

Foi um dos primeiros rostos da SIC, mas depois decidiu dedicar-se à dobragem, tornando-se um dos maiores nomes do meio, e um dos melhores directores de dobragem do nosso país. Ainda hoje é reconhecido na rua como o Lecas. algo acabou por aceitar na sua vida.



Sem comentários:

Enviar um comentário