... dos Trabalhadores do Comércio - Ainda sou do tempo

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

... dos Trabalhadores do Comércio


Uma das bandas mais populares dos anos 80, ficou conhecida pelos seus telediscos diferentes e as suas letras irreverentes, que ficaram para sempre na nossa memória. O sotaque carregado do norte, e a forma como isso soava, fez com que os Trabalhadores do Comércio se tornassem um caso sério de sucesso no nosso país.

Sérgio Castro e Álvaro Azevedo fundam os Trabalhadores do Comércio em 1979, saindo do grupo Artes e Ofício (uma banda que cantava em inglês) para aproveitar a onda de música Rock em português que dominava o nosso país. Decidiram se destacar dos outros, com o humor e irreverência nas suas letras, e pelo facto de cantarem com um sotaque do norte bem exagerado, tornando tudo bastante divertido.

Junta-se a isto tudo um vocalista de 7 anos, João Luís (sobrinho de Sérgio), que ajudou ainda mais a tornar a banda completamente diferente de tudo o resto que aparecia por cá. O primeiro disco, lançado em 1981, chamado "Trips à moda do Porto", é um sucesso absoluto, com singles como "Chamem a Policia" e "Taquetinho ou levas no focinho" a dominarem as rádios e a tornarem o grupo um nome conhecido por todos.

Quando o segundo álbum não conheceu o mesmo sucesso, e quando o sobrinho de Sérgio começou a frequentar o liceu, a banda decidiu abrandar um pouco, voltando em 1986 no festival da canção, onde ficou no pódio com a música "Tigres de Bengala", perdendo para o "Não sejas mau para mim" da Dora.

Tiveram duas colectâneas com os seus maiores sucessos, em 1989 e 1995, voltando a gravar em 2007, mas longe do sucesso de outros tempos, apesar de ter sido um disco bem recebido pelo público e crítica.











Sem comentários:

Publicar um comentário