quarta-feira, 8 de maio de 2013

... das Lojas Singer



As Lojas Singer eram o sítio de eleição para qualquer Português que quisesse comprar um Electrodoméstico na década de 80 e 90, eram conhecidos pela variedade dos produtos à venda e pela qualidade dos aparelhos de marca própria.

A dada altura da década de 80 era comum encontrar uma Loja Singer no nosso País, existiam as de rua e aquelas dentro dos centros comerciais da altura, em Cascais existiam duas, uma perto da Rua Direita e uma dentro do Pão de Açúcar, provando a força daquela marca. Eram conhecidos por venderem a prazo, com os famosos Cheques pré-datados, e por ter uma boa selecção de Electrodomésticos. Lembro-me de comprar um Esquentador na loja do Pão de Açúcar, e do meu pai recorrer a esse sistema de cheques para efectuar o pagamento desse artigo.

A marca existe desde 1851, quando Isaac Singer se uniu a Edward Clark de modo a comercializarem em massa um produto futurista, algo que se viria a tornar imagem de marca da loja, a Máquina de Costura Singer. Começam-se a expandir pelo mundo inteiro, abrindo lojas em França e no Brasil, e em 1903 começaram a ter um maior volume de vendas Internacional, ultrapassando o que vendiam no próprio País.


Foram evoluindo com os modelos da máquina de costura que se tornaram uma referência Mundial nesse sector e algo que toda a dona de casa devia ter para costurar para si, ou para fora. Logicamente que com a sua expansão, também começaram a fabricar outros electrodomésticos e com as suas facilidades para venda a prazo começaram a ser um sério caso de venda a retalho.

Assim foi também no nosso País, quando chegaram a ter mais de 3 dezenas de lojas sendo que algumas eram de um tamanho respeitável e começaram também a marcar presença nos grandes Shoppings que começavam a aparecer em Portugal. Assim foi até 2009, quando pediram insolvência e foram desaparecendo aos poucos do nosso País restando apenas uma mão cheia de lojas. Lembro-me quando era comum os anúncios televisivos à Loja e quando ela também era o patrocínio de alguns dos programas míticos da RTP.








4 comentários:

  1. Hugo, acho que o Palavra Puxa Palavra era o único concurso que não era patrocinado pelas Lojas Singer. Era antes patrocinado pelas Lojas Excel, outra (extinta?) cadeia de lojas de electrodomésticos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão lol, foi confusão de lojas extintas, obrigado

      Eliminar
  2. O destino das lojas Singer e Excel foi a sua queda para dar a lugar a Wortens e FNAC's...lolz!

    Lembro-me que havia uma no Cascaishopping onde é agora a loja Celeiro Dieta, e ficava bem ao lado da Euro Óptica (que ainda hoje existe) e não gostava de passar ao lado dessa loja simplesmente...porque na montra tinha uma camera de filmar e eu aparecia na TV e fazia birra até morrer
    (não gostava de aparecer na televisão)

    Os meus pais chegaram a ir lá comprar um microondas e eu fiquei na "rua" à espera deles. :P
    Fomos à loja durante alguns dias para decidir se havíamos ou não levar o microondas. Os empregados ainda chegaram a pregar partidas porque sabiam que aquela miúda não gostava de aparecer na TV! Maldito sejam esses tempos!

    (hoje apareço numa boa, não tenho medo da televisão, e já apareci nos programas do Gato Fedorento e 5 Para a Meia Noite...just say'ing!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha ainda bem que ultrapassaste esses medos :D E sim lembro-me bem da loja, e eu fui trabalhar (e ainda trabalho) numa dessas que tiraram o lugar :)

      Eliminar