quarta-feira, 10 de outubro de 2012

... dos Chocolates Raider, Lion, Taxi e Galak Buttons



Ainda sou do tempo em que vibrávamos de emoção por cada guloseima nova que aparecia, e a dada altura da década de 80 apareciam vários chocolates (e não só) que nos conquistavam ora com os seus anúncios, ora com o seu doce sabor.

Lembro-me de ser muito fã do Raider, um chocolate de caramelo e biscoito que trazia na embalagem duas barras de chocolate, que dava azo ao anúncio "chocolate que satisfaz duas vezes". Era um chocolate que realmente enchia e satisfazia, e lembro-me que não achei muita piada quando o produto mudo de nome e passou-se a chamar Twix como nos outros países. Eu percebo a lógica do novo nome, mas quando era mais novo Raider tinha um nome mais sonante, mais imponente.

Não comia tanto o chocolate Taxi, que vinha com bolacha wafer e caramelo, mas quando apareceu também passei um período onde comprava uns quantos. Era bom para se comer de manhã, ali entre o pequeno almoço e o almoço, no bar da escola era dos mais procurados assim como no supermercado perto da escola.

Desapareceu rapidamente das prateleiras, não sei porque razão, mas eram muitos os concorrentes e tínhamos sempre um novo doce para comermos e nos deliciarmos.

Um dos mais imponentes foi o Lion, um chocolate com um anúncio de televisão brutal e que nos deixava a cantarolar a música enquanto íamos comprar mais chocolates "Selvagem... uma dentada em Lion". Para além do habitual caramelo e bolacha, tinha também cereais e chocolate de leite, para além de ter uma variante com amendoins. Para além disso tudo, tinha um Leão na embalagem, e isso é sempre bom atractivo para uma criança.


Por fim lembro-me bem de quando começou a loucura do chocolate branco, de repente começaram a surgir várias tablets com esse chocolate e a Nestlé decidiu ir mais longe e aproveitando um desenho animado conhecido, cria uns botões de chocolate branco e coloca na embalagem à qual chama de Galak Buttons. Este chocolate era bem enjoativo, não se aguentava comer muitos de uma só vez, mas no começo foram muitos a comprar estes pacotes, quer pelo apelo de ser uma guloseima diferente, quer pelo golfinho do desenho animado.

Existiram mais chocolates que me marcaram, mas por hoje ficam só estes três. Haverá tempo para falar de vários chocolates que ajudavam a contribuir para as cáries e para os diabetes, ou mesmo para quando começaram a aparecer as gomas ou coisas completamente diferentes como os Donuts ou os Bollycao.








8 comentários:

  1. Um dos chocolates que se falou muito na caderneta do Nuno Markl foi o do Toffee Crisp. Dizem que é muito bom, mas nunca proveeeiii na minha vida *snif* ;'-(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Ah é uma pena não teres provado :), eu por isso mesmo que não falei já dele aqui (também por não ser dos meus preferidos) mas falarei no próximo post com vários chocolates

      Eliminar
  2. Hugo, eu continuo a comer um Twix todos os dias no trabalho! Já lá vão muiiiiitos anos!

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Toffee Crisp ainda encontro à venda (e como :D) e a antiga Farinha 33 também (ainda com a menina a comer a papa num dos lados da capa e com o sr musculado do outro), agora o que eu não encontro mesmo em lado nenhum e que me tem apetecido imenso comer e matar saudades é o melhor chocolate branco do mundo GALAK BUTTONS! Nem a tablete sabe tão bem e se derrete de forma granulosa como aqueles pequenos círculos deliciosos... Que Saudades!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim os Toffe voltaram recentemente, os Galak no nosso mercado não :(

      Eliminar