terça-feira, 11 de agosto de 2020

... da série Árvore dos Patafúrdios

Uma excelente produção nacional, um trabalho fantástico de marionetes a anteceder o que viria acontecer em os Amigos do Gaspar. Na Árvore dos Patafúrdios víamos as divagações de um grupo de habitantes de uma árvore, que pareciam pássaros mas não podiam voar.

Árvore dos Patafúrdios  foi criada em 1984, sendo um produto da mente de João Paulo Cardozo. Foram 11 episódios, que a RTP transmitiu por diversas vezes ao longo dessa década, por vezes em conjunto com a outra criação do mesmo grupo, o ainda mais conhecido Amigos do Gaspar. Também nesta série podíamos contar com letras e músicas de Sérgio Godinho, que deixou o seu legado na fantástica música "Por incrível que pareça...", que muitos ainda hoje cantam quando algo de surreal acontece.

Os bonecos de Carlos Dias e Inês Guedes de Oliveira viviam numa árvore, e o seu maior sonho era o de poderem voar, era assim que víamos os episódios, com os seus habitantes a cantarem os seus lamentos a meio de algumas tiradas divertidas. Para além dos Patafúrdianos (cada um com sua característica marcante), tínhamos ainda os bichos de uma Maçã, e um caixeiro viajante que penso que surgiu em todos os episódios a visitar o pessoal da árvore.

Gostei mais da produção que a sucedeu, mas mesmo assim gostei de ver e adoro a música que todos ainda se recordam.













0 blogger-facebook:

Publicar um comentário