quarta-feira, 26 de agosto de 2020

... da Moeda de 25 Escudos

 



Uma das moedas que mais usei na minha vida. Cromos, doces, máquinas de jogos, tudo era pago com esta moeda.

Se há moeda que marcou a criança e o adolescente dos anos 80, essa moeda foi a de 25 escudos. Era a moeda de valor mais alto em circulação e a maior em tamanho, com um diâmetro de 26 mm, um peso de 9,5 gramas e com um bordo serrilhado. Esteve em circulação de 1977 a 1986, já que em 87 foi suplantada pela moeda de 50 escudos.


Um jogo de arcade numa galeria comercial, ou num café, por norma custava esses 25 escudos por exemplo. Dava para uma mão cheia de carteirinhas de cromos, para comprar um livro de Banda Desenhada ou para uns quantos doces. Era uma prenda comum de alguns familiares, e um grande achado no saco do Pão por Deus.


Era completamente redonda, notava-se logo quando a tínhamos quer na carteira, quer no bolso. Na face lia-se "Liberdade, Democracia", enquanto que na outra vinham as Quinas de Portugal. Uma moeda que ou tinha um fim rápido, ou durava algum tempo na nossas mãos, multiplicada pelo troco que nos davam na compra de algo mais barato com esta moeda.












0 blogger-facebook:

Publicar um comentário