... do Totobola - Ainda sou do tempo

quarta-feira, 2 de maio de 2018

... do Totobola


Tem mais de 50 anos, e já foi um dos jogos mais populares do nosso país. O Totobola movimentava multidões, tanto pelo dinheiro que oferecia, como por estar relacionado com esse mundo de paixões que é o Futebol.

O Totobola surgiu a 24 de Setembro de 1961, e apesar de se tratar de um jogo que depende da sorte, muitos encaravam como uma forma de demonstrar que percebiam de futebol. Ou seja, se acertassem, era porque sabiam da coisa, e não pelo que aconteceu no jogo de futebol, que muitas vezes é imprevísvel. A dificuldade ficou provada desde o início, com o primeiro totalista a surgir só em Abril do ano seguinte.

Sob o controle da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, as receitas do jogo serviam para ajudar os mais necessitados, e muitos tentavam ser os totalistas. O conceito era simples, apareciam 13 jogos, em que tínhamos que escolher entre 1,X,2. O 1 era vitória da equipa da casa, o X era empate, e o 2 vitória do visitante.


O jogo foi sofrendo algumas alterações estéticas, mantendo na mesma a sua essência, com as maiores alterações a surgir com a introdução do Super 14, que era o adivinhar o resultado certo de um jogo, e o Joker, que podia dar mais um dinheiro extra.

Apesar de ter perdido terreno para o Totoloto, e mais tarde o Euromilhões, a verdade é que nenhum jogo ficou tão marcado na memória dos portugueses como o Totobola. Existiram artigos criados para comemorar a existência do jogo, como Cinzeiros e Quadros, existiram revistas no Parque Mayer, e até um filme com a Florbela Queiróz.

Nas décadas de 80 e 90, às Quartas-feiras podíamos ver na RTP o programa Vamos jogar no Totobola, transmitido um pouco antes do Telejornal. Nele víamos reportagens do nosso Portugal, por norma a mostrar a história de uma profissão ou de uma actividade típica do nosso país, com entrevistas e reportagens a mostrar alguém a falar sobre isso. No final, eram dados os palpites para o boletim dessa semana, que muitos seguiam fervorosamente.






Primeira foto retirada do site Mistério Juvenil, a última do blog Santa Nostalgia.


Sem comentários:

Publicar um comentário