... do Don Fonsarilho - Ainda sou do tempo

sexta-feira, 6 de abril de 2018

... do Don Fonsarilho


Uma das minhas boas memórias de infância, era a de esperar pela visita de um senhor que ia à nossa casa com uma lista de livros para encomendar. Ainda tenho algumas colecções desse tempo, como esta de um herói português, o Don Fonsarilho.

Nunca fui muito fã de livros com ilustrações, preferi sempre os de banda desenhada, ou então os como os dos Cinco, com pouca ilustração pelo meio do texto. Claro que sendo criança, houve um ou outro que me apaixonou, como foi o caso deste Don Fonsarilho.

Uma colecção que vinha da editora Os Amigos do Livro, uma das concorrentes do Círculo dos Leitores, com texto e ilustração de Vítor Mesquita. A inspiração no mítico Dom Quixote era evidente, até pelo ajudante do nosso herói, Santa Pança, e tudo o resto mostrava-nos aventuras numa era medieval, com cavaleiros, donzelas, feiticeiros, dragões e reinos em perigo.


Adorava o herói, com aquele queixo proeminente, e o sidekick que era quase um Zé Povinho gordinho, o Leonardo do Vício, sempre com uns estratagemas bem esquisitos, e o meu livro preferido foi um em que tinha que enfrentar o Cavaleiro Negro.

Uma colecção com 9 números em capa dura, que depois eram colocados numa caixa arquivadora, como era hábito nestes livros. Essa caixa tinha ainda mais ilustrações, o que fazia as delícias de qualquer criança.

O humor era algo que me dizia muito nesta colecção, e as ilustrações ajudavam a realçar o tom do texto, mostrando-nos que um vilão com ar maquiavélico, podia ser alguém com um aspecto cómico a dada altura. Quem se lembra disto?