quarta-feira, 8 de novembro de 2017

... da Colectânea Polystar


Era uma das muitas colectâneas que saíam amiúde durante a década de 70 e 80, que reunia os maiores sucessos do catálogo da Polygram. Curiosamente o único que tive, foi este de 1986, que foi também o último a ser editado. Adorava a capa dele e ouvi-o vezes sem conta.

Sempre existiram colectâneas no nosso país, e na década de 70 cada editora fazia questão de lançar uma cá para fora, e a Polygram não foi nenhuma excepção, dando o nome de Polystar à sua. Como tantas outras de altura, tinha uma mistura de músicas muito eclécticas, algo que ajudou ao meu gosto musical actual. Podíamos ouvir música portuguesa, que ia desde a mais brejeira à mais tradicional, passando por música brasileira, e algumas vedetas do pop rock internacional.

Por exemplo em 1981 tínhamos OMD com Enola Gay, Dino Meira com Zum-zum-zum, e ainda Status Quo, Joe Dolce, Mário Mata e ABBA. Já o de 1986, o que tive, lembro-me de ouvir (repetidamente) o Nikita do Elton John, o Dia de Domingo da Gal Costa, Venus de Bananarama e o Fourth Rendez-Vous do Jean Michel Jarre, num disco que tinha ainda nomes como José Cid, Wando, Joy e Roberto Leal, entre outros.







0 blogger-facebook:

Enviar um comentário