... do Pepé Le Pew - Ainda sou do tempo

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

... do Pepé Le Pew


Sempre achei piada a este don juan frustrado, que se apaixonava sempre por uma gata que nunca correspondia aos seus avanços. Quando apanhava um cartoon com o Pepé Le Pew, ficava todo contente a ver, lembro-me de apanhar alguns antes do começo do filme, na Lotação Esgotada da RTP.

Pepé Le Pew foi criado por Chuck Jones em 1945, fazendo parte da galeria de personagens da Looney Tunes da Warner Brothers. Tratava-se de uma doninha fedorenta, com um sotaque francês bastante carregado, e que tentava sempre seduzir todas as criaturas do sexo oposto que lhe apareciam pela frente. A vítima principal era uma gata preta, a Penélope, que tinha sempre o azar de lhe cair tinta em cima e ficar parecida com uma doninha.

Em alguns cartoons acontecia o inverso, a Penélope ficar apaixonada por ele, e isso também era muito divertido. Em 1949 um desses ganhou um Óscar da academia, e foi assim estrelando mais algumas curtas, protagonizando o seu último desenho em 1962. Apareceu pouco nos desenhos de outras personagens Looney Tunes, mas é ainda hoje uma personagem muito popular, existindo até rumores de poder ir existir um filme sobre ele.