0

Sempre gostei do filme Desafio Total, pelo simples facto de se chegar ao final e poder-se pensar que nada daquilo aconteceu, e que o protagonista esteve sempre a imaginar aquilo com que sempre sonhou. Teve direito a um remake em 2012, mas aqui iremos falar do clássico de ficção científica de 1990.

Total Recall (Desafio Total) estreou em 1990, realizado por Paul Verhoeven, com Arnold Schwarzenegger no principal papel, num filme que contava ainda com nomes como Michael Ironside, a novata Sharon Stone e o veterano Rohny Cox. Baseado livremente num conto curto de Philip K Dick, mostra-nos a história de um trabalhador que tem sonhos recorrentes sobre Marte, e uma mulher misteriosa, apesar de nunca ter lá estado.

O filme passa-se num ambiente futurista, as imagens são todas bastante interessantes e chegaram a vencer um Óscar pelos efeitos visuais. Armold interpretava Doug, que a dada altura decide resolver o seu problema e usar uma agência de viagens que em vez de nos levar até ao local da forma tradicional, transportava apenas a nossa mente, sendo implementadas memórias falsas no nosso cérebro. Ele escolhe então um pacote onde seria um agente secreto, acompanhado de uma mulher semelhante à dos seus sonhos, e é aí que tudo começa, já que pouco depois dele chegar à companha Rekall, a coisa começa a correr mal.

A explicação é que alguém já tinha mexido no cérebro dele, e que ele já tinha mesmo estado em Marte, mas alguém reprimiu essas memórias. A personagem começa então a ser atacada incessantemente, inclusive pela sua mulher, e percebe que algo está errado e que a solução estará em Marte. Chega até a ver um vídeo, onde "ele", ou seja o verdadeiro "ele", conta-lhe como alguém lhe deve ter mexido com as memórias, por saber demais, e que deve ir até ao planeta vermelho resolver as coisas.

Começam a existir grandes reviravoltas, a dada altura dá-se a entender que ele ainda está na companhia das memórias falsas e que deve acordar, antes de prejudicar para sempre a sua saúde mental, mas ele renega isso e continua a sua aventura. Descobre depois que ele na verdade fazia parte dos maus, mas decide ir contra isso e ajudar a salvar tudo e todos. Quando vi isto pela primeira vez, fiquei sempre a desejar uma sequela, para que se abordasse o facto de ser ou não verdade toda aquela aventura. Quem mais pensou nisso?













Enviar um comentário Blogger