0

Uma das minhas melhores lembranças das tarde de Domingo nos anos 80, era a de me sentar no sofá depois de uma ida à Praça de Touros de Cascais, ligar a TV e ver o Clube Amigos Disney na RTP 1, ao mesmo tempo que degustava um Pão com Chouriço.

O Clube Amigos Disney estreou em Portugal em 1986, com apresentação a cargo de Júlio Isidro e Manuela Sousa Raina, que nos contagiavam com a sua energia e nos fazia olhar para eles como se fossem uns tios porreiraços. E foi assim que passatempos com muitos prémios, desenhos animados e convidados musicais animavam a nossa tarde de Domingo, que era depois complementada com uma série épica como o Justiceiro ou o MacGyver. 

Os passatempos no programa ofereciam sempre pacotes de revistas ou alguma oferta especial dos patrocinadores, e a patrocinar o programa encontrávamos empresas conhecidas da altura como a Cenoura, Os sumos Um Bongo, o Nestum ou os Sugus. Quem não se lembra do robô dos Sugus? Uma pérola da tecnologia que surgia no programa e levava à loucura toda a petizada. As revistas eram quase sempre o prémio de consolação, mas para muitos isso era já algo de muito valor, eu sei que não me importaria nada com isso.

O programa era baseado no original Americano Clube do Rato Mickey, e o sucesso desta adaptação foi tanto, que atraiu a atenção da Disney, e não perderam tempo a convidar Júlio Isidro para colaborar em diversos projectos da companhia na Europa. Rapidamente começaram a surgir diversos programas semelhantes um pouco por todo o lado, a prova que uma adaptação bem feita podia ser uma ideia tão boa (ou melhor) que a original.


O talento e profissionalismo do Tio Julião (como era carinhosamente chamado), marcava a diferença e o trato dele para com as crianças participantes, fazia com que todos se sentissem à vontade. E a sua experiência fazia com que vários convidados musicais, alguns internacionais, de grande sucesso aparecessem neste programa infantil.

Nesta altura, as revistas da Disney começavam a sair no nosso Português (depois de anos a saírem em português do Brasil), pelas mãos da editora Morumbi. Esta decidiu aproveitar o sucesso do programa, e para além dos pacotes de revistas que oferecia nele, criou um Clube Amigos Disney a nível nacional, com publicidade constante nas revistas a promover a sua adesão. Sim, o clube chegou a sair da TV para ser um clube a sério com ligação às revistas Disney, e que exibíamos com todo o orgulho chegando a plastificar o cartão e tudo e colocá-lo na carteira.

Esse clube chegou a promover sessões de cinema com filmes Disney, em vários pontos do país, para além de passatempos e promoções para quem fosse sócio do mesmo. Isso tudo ajudou a que a popularidade do programa fosse ainda maior, já que quem ainda não o conhecesse, ficava assim a saber da sua existência.

Em relação aos desenhos animados, podíamos ver os clássicos da Disney, com Mickey e Donald nas suas curtas que faziam as delicias de miúdos e graúdos, e alguns modernos que conquistaram o nosso coração, como Ducktales ou Gummi Bears. O programa esteve no ar até o final da década de 80, deixando saudades e sendo revivido pela RTP em mais que uma ocasião, com outros nomes e longe do mesmo sucesso e impacto deste.





Primeira e ultimas fotos retiradas do fórum Mistério Juvenil

Enviar um comentário Blogger