0

Os Power Rangers marcaram os anos 90, uma série juvenil com robôs, monstros e até dinossauros não tinha como não funcionar. Por cá passou na SIC, com dobragem Portuguesa que ajudou a conquistar os Portugueses, sendo um sucesso por cá também.

Uma criação de Haim Saban, os Power Rangers estrearam em 1993. com produção da Saban e Toei. Baseados no Super Sentai Kyoryuu Sentai Zyuranger, o programa foi o primeiro sucesso do produtor nos Estados Unidos da América, depois de alguns êxitos na Europa. Isto deveu-se ao facto dos Dinossauros ainda estarem muito na moda, por causa do filme Parque Jurássico, A SIC passou isto em 1994, com uma dobragem Portuguesa dirigida por Cláudia Cadina, com nomes como Rui Paulo, Teresa Sobral ou Heitor Lourenço.

Quando astronautas libertam a vilã Rita Repulsa da sua prisão na Lua, Zordon pede ao robot Alpha 5 para recrutar 5 adolescentes para tornarem-se nos Power Rangers e combaterem Rita Repulsa e os seus monstros de conquistar a Terra. Esses jovens andam no liceu de Angel Groove e têm ainda que lidar com os seus colegas Bulk e Skull.

Cada ranger possui uma cor e representa um dinossauro diferente, e também um Zord(um robot gigante) que se fundem num só, transformando-se num MegaZord. Jason era um T-Rex vermelho, Trini uma Dentes de sabre amarela, Kimberly o Peterodatilo rosa, Zack um Mastodonte preto e Billy um Triceratopo azul, juntos formavam o Mega zord.

Existiu ainda o ranger verde, um dragão, ao serviço de Rita Repulsa, mas os rangers conseguem quebrar o feitiço e Tommy passa para o lado do bem. Com ele formam um MegaDragão Zord. Na segunda temporada apareceram outros rangers, o que assegurou o sucesso da série e do merchandising, já que existiram muitos bonecos, colecções de cromos e afins.



                    


                   










Enviar um comentário Blogger