0

 Sophia de Mello Breyner Andresen criou uma série de livros que viriam ficar na história da literartura nacional, como comprova o Cavaleiro da Dinamarca, que acompanhou diversas gerações de Portugueses. Muitos de nós travaram conhecimento deste livro na escola, já que fez quase sempre parte do plano de leitura e deve ter servido como porta de entrada para a obra literária desta autora.

Editado em 1964, o livro mostrava-nos a aventura de um Cavaleiro que decide viajar desde o Norte da Europa, até a Terra Santa, para orar no local onde Jesus tinha nascido. Ele deixa a sua família na Dinamarca, mas promete voltar para passarem de novo o Natal juntos.

Partindo na Primavera, chega rápido à Palestina e depois de uma peregrinação por vários locais sagrados, o nobre Cavaleiro chega ao local onde Jesus nasceu e passa a noite de Natal por lá. A viagem de regresso foi mais complicada, assolada pelo mau tempo que fizeram com que o Cavaleiro ficasse retido em Itália, onde fascinado pela beleza do país e decide o conhecer melhor.

Desesperado por regressar a casa, adentra na floresta onde vivia e tenta encontrar o seu lar, correndo inúmeros perigos quando uma tempestade quase lhe tira a vida, e tem ainda que enfrentar os perigos da vida animal que ali vivia. Segue uma luz forte que vê ao longe, sem saber que essa era da sua própria casa, fazendo com que ele chegasse são e salvo para a sua família.

Não é dos meus preferidos da autora, mas gosto de como existem várias histórias em paralelo ao longo doo livro, para além da mensagem de fé e esperança que acaba por ser o mote principal de toda a trama. A coragem que devemos ter quer para perseguir os nossos sonhos, quer para saciar a nossa sede de conhecimento.














Enviar um comentário Blogger