0

Foi num Verão no começo dos anos 90 que pudemos ver a série Calor Tropical, transmitida no Canal 1 em horário nobre, conquistando alguns adeptos pelo nosso país. Uma série de acção passada em cenários quase paradisíacos, que mostra as aventuras de um ex agente da brigada anti tráfico na sua nova carreira como detective privado.

Tropical Heat foi uma produção Canadiana filmada no México (na 1ª temporada), Israel (na 2ª) e ainda na África do Sul (3ª). Criada por Sam Egan, a série teve 3 temporadas com 66 episódios no total, transmitidos entre 1991 e 1993. Misturando acção e comédia, o programa atingiu algum sucesso em diversos países, sendo que na Sérvia se tornou um programa de culto, já que servia de escape para os horrores da guerra que o país vivia na altura.

Em 2001 chegou a existir um filme, e algum tempo depois o actor principal visitou o país, onde foi recebido com pompa e circunstância. Por cá lembro-me de apanhar isto numa Segunda-feira de noite, de ter achado piada e de ter tentado seguir a mesma que era transmitido semanalmente no  Canal 1 da RTP.


Rob Stewart vestia a pele de Nick Slaughter, que se tinha mudado para a Flórida e decidido fundar uma agência de detectives. Bem parecido, chamava a atenção com o seu rabo de cavalo e camisas de cores berrantes, quase sempre desabotoadas. Carólyn Dunn dava vida a Sylvie Gerard, uma agente turística que virou a assistente de Nick, e como em tantas outras séries, notava-se uma certa química entre os dois mas que nunca avançou para algo mais.

Nick tinha a sua boa quota de engates, muitos feitos no bar da praia, onde o dono o ajudava nessas conquistas. A completar o elenco estava o tenente da polícia, Carrilo (Pedro Armendariz jr) que muitas vezes ajudava Nick nos seus casos.

Esta era uma daquelas séries excelentes para passar no verão, tinha belas paisagens de praias, mulheres bonitas (e algumas cenas quentes), muita acção e humor para descontrairmos um pouco a ver televisão.














Enviar um comentário Blogger