0


Nunca o horror e a comédia casaram tão bem como neste filme dos anos 80, A Lojinha dos Horrores inspirou-se tanto no filme de Roger Corman, como no musical da Broadway, misturando assim os dois elementos de uma forma bastante engraçada.

Little Shop of Horrors (Lojinha dos Horrores por cá) é um filme de 1986, realizado por Frank Oz e que misturava Terror e Comédia, tudo apresentado como se fosse também um musical. Foi baseado no musical da Broadway de Alan Menkem e Howard Ashman do começo dos anos 80, que por sua vez era inspirado num filme dos anos 60 de Roger Corman.

Rick Moranis, Ellen Greene, Vincent Gardenia e Steve Martin encabeçavam o elenco, que tinha ainda aparições de actores como John Candy, James Belushi e Bill Murray, com Levi Stubbs a fazer a voz de Audrey II,  Murray esteve brilhante como o paciente masoquista, improvisando as suas falas e fazendo parelha imparável com Steve Martin, que interpretava um dentista sádico.

Na história vemos um empregado de uma loja de flores chamado Seymour (Moranis), que é apaixonado pela sua colega Audrey (Greene), uma rapariga calma e insegura que namora com o sadista Orin (Martin). Stanley adquire uma planta estranha, que chama de Audrey II e um dia descobre por acidente que ela gosta de sangue humano, e começa a cair nas armadilhas dela para que ele arranjasse comida para ela. A primeira vítima acaba por ser Orin, e depois o dono da loja (que tinha visto Seymour a dar comida à planta), isto no meio de alguma cantoria, especialmente pela planta, que tem até um coro de três mulheres.

O final é diferente da peça, que era mais negro, acabando de uma forma feliz, com a descoberta que a planta era na verdade um alien e a destruição do mesmo. No original, tanto Audrey como Seymour são engolidos pela planta.

Lembro-me de ver isto pela primeira vez num Lotação Esgotada, e ter ficado fã daquele "feed me Seymour".















Enviar um comentário Blogger