0


Volto aqui a falar de uma série produzida pela SIC, numa altura em que o canal nos dava boa ficção Portuguesa e de grande variedade. Desta feita falar do Fura Vidas, estrelada por Miguel Guilherme e que obteve sucesso junto do público mais jovem, sendo que ainda hoje muitos gostam de ver os episódios deste programa na internet.

o Fura Vidas era mais uma adaptação portuguesa de uma série britânica de sucesso, neste caso da Only Fools and Horses, de John Sullivan. António Pinho e Leonor Tenreiro tratavam do argumento, ficando a realização a cargo de Jorge Queiroga que souberam adaptar os textos à realidade Portuguesa, ajudando ao sucesso do programa, isso e as boas interpretações dos membros do elenco.

Miguel Guilherme e Ivo Canelas eram os irmãos protagonistas, os Fintas, encabeçando um elenco que contava ainda com o avô Canto e Castro, Orlando Costa como um empresário vigarista (mas não tão bem sucedido como os Fintas), Fernando Ferrão como o eterno coitado que caía nas vigarices dos manos e ainda Maria João Abreu, Joana Seixas e Américo Silva entre outros.

Miguel Guilherme deu um verdadeiro show, mostrando todo o seu talento apresentando um humor mordaz e inteligente, que ajuda a tornar Joaquim Fintas um vigarista amado por todos. O seu sarcasmo era igualado pelo jovem Ivo Canelas, embora Joca Fintas seja mais ingénuo que o seu irmão e mais trapalhão também. A empresa dependia da lábia de Joaquim, que era capaz de vender pentes a carecas, areia no deserto e coisas do género, tudo fugindo sempre aos impostos, claro. O genérico era bem engraçado e dava logo a mostrar o básico da série.

Compram, vendem, trocam tudo, há bom dinheiro para ganhar, o Quim é o maior, o Joca é o sonhador e o avô sempre a empatar. Fugir aos impostos é o fura vidas é o que tens a fazer se te queres safar, só quem não souber fazer mais nada é que vai passar a vida inteira a trabalhar

A bela carrinha azul onde se deslocavam tornou-se ela própria peça fundamental do programa, todos já a reconheciam e lhe achavam piada. A série teve três temporadas de 13 episódios cada entre 1999 e 2001, sendo transmitida em horário nobre pela SIC e repetida mais tarde (com sucesso) na SIC Gold e na SIC Comédia. Produzida num período de ouro do canal, onde a ficção era variada e com qualidade, Fura Vidas é mais uma das séries que deixa saudades.













Enviar um comentário Blogger