0


Baseado no sucesso Sarilhos com elas, a série Queridas e Maduras foi uma adaptação bem divertida, com quatro actrizes veteranas que não ficavam a dever nada às Norte-Americanas.

A série estreou em Julho de 1995, voltando no ano seguinte para mais uma série de episódios devido à boa aceitação por parte do público, tendo assim sido transmitidos 26 episódios em duas temporadas, no horário nobre do Canal 1 da RTP. Uma adaptação do sucesso Golden Girls (por cá conhecido como Sarilhos com elas), Queridas e Maduras teve o seu próprio mérito devido à qualidade e química do elenco envolvido.

Dirigidas por Henrique Viana, todas as actrizes mostravam se divertir nas filmagens e isso passava para o telespectador. Apesar de nunca mais ter sido repetida, lembro-me de ver alguns episódios e de me ter divertido tanto como quando via a original. A premissa era a mesma, três amigas que já passaram a meia idade (duas viúvas e uma divorciada), encontram-se a viver juntas no mesmo apartamento, e ainda se junta a mãe de uma delas, que apesar de ter 80 anos, é muito jovem de espírito.

Comparando com a série Americana, Catarina Avelar (Edite) era Beatrice Arthur, Amélia Videira (Inês) fazia as vezes de Betty White, Lia Gama (Salomé) tentava ser sedutora como Rue McLanan e a veterana Luísa Barbosa (Aparecida) era tão desbocada como Estelle Getty. Do que me recordo, todas eram muito fiéis à personagem original, com uns pequenos apontamentos próprios, o que tornava aquilo mais divertido, Era bom poderem repetir esta série, mas parece que a RTP já não possui os direitos para isso.







Imagens e info retiradas do Brincabrincando







Enviar um comentário Blogger