0


Peter Falk interpretou aquela que foi uma das personalidades mais marcantes da história de televisão, e que todos reconhecem como O detective policial de eleição. A série Columbo foi um sucesso também em Portugal, e ainda hoje todos têm saudades do detective de gabardina e charuto na mão.

Columbo foi a primeira série a investir na premissa da história de detective invertida, ou seja, nada daquele suspense de "quem terá sido?", ali o criminoso era logo mostrado no começo do episódio, assim como os pormenores do crime e depois assistíamos a como os detectives chegavam à solução.

Criado por William Link e Richard Levinson, Columbo teve 10 temporadas e cerca de 69 episódios, com o actor Peter Falk no principal papel. O detective aparecia no seu Peugeot no local do crime logo no começo do episódio, envergando a sua habitual gabardina surrada e sempre com o seu estilo meio distraído, que dava aos criminosos uma falsa sensação de segurança.

Falk era sempre muito educado, fazia perguntas absurdas e dava a entender aos suspeitos que nunca conseguiria resolver o crime. Mas na verdade a sua mente metódica ia juntando as peças do quebra cabeças, resolvendo os crimes por pura lógica,


Passou na RTP pela primeira vez em 1973, sendo transmitido depois do Telejornal em pleno horário nobre, mas foi repetido por diversas ocasiões, tendo tido grande sucesso no começo da década de 80, numa altura que séries de mistério estavam em alta no canal público.

Columbo apesar do seu ar educado e meio desajeitado, tinha toda a aura de um anti herói, com a sua gabardina e charuto na mão, tendo um ar de herói de cinema de outros tempos, com um grande carisma e forte personalidade.

Como todas as séries da altura, passaram por lá grandes nomes como artistas convidados, actores como Leslie Nielsen ou Ray Milland entre outros, e teve ainda como curiosidade ter alguns episódios realizados por Steven Spielberg.

Falk ganhou quatro Emmy's, provando a qualidade que apresentava no pequeno ecrã e a série teve sempre bons níveis de audiência e gozou sempre de boa popularidade.







Enviar um comentário Blogger