0


Hoje relembro mais uma das minhas personagens favoritas das revistas da Disney, o Superpateta era um super herói muito peculiar ou não fosse o alter ego do Pateta. Ganhou um carinho especial no Brasil e muitas das histórias que lemos vinham de lá, fazendo rir muitos de nós com as confusões que aprontava.

Super Goof (Superpateta) foi criado por Del Curry e Paul Murry em 1965, tendo direito a uma revista própria que teve até histórias escritas por Mark Evanier, um autor conhecido pelo seu particular sentido de humor. No Brasil foi mais uma das personagens da Disney a ter algum sucesso com as histórias criadas naquele país, teve alguns Almanaques e era presença constante em diversas das revistas da editora Abril nos anos 70 e 80, com o autor Ivan Saidenberg a ser um dos principais nomes na criação dessas histórias.

Um dia vemos como o Pateta descobre que uma plantação de amendoins que tinha no seu quintal era afinal um arbusto de Superamendoins, que lhe davam super poderes por tempo limitado, podendo voar, ser invencível e ter super força enquanto vestia um uniforme que era basicamente umas ceroulas/pijama vermelhas e uma capa azul, para além do típico chapéu onde guardava os amendoins.



As historias iam desde ele a ajudar as pessoas de pequenos incidentes ou a salvar de crimes, a ir até outros planetas ou a enfrentar vilões como o Dr Estigma ou o Dr. X. Era mais fã das histórias mais simples, mas havia algumas histórias com os vilões que se tornavam muito engraçadas. Lembro-me bem de uma em que ajudam a escapar um grupo de vilões da cadeia, com uma espécie de rabiscos que ganhavam vida e se multiplicavam.

Ele chegou a ter histórias com outros heróis da Disney, era aliás membro do Clube de Heróis que chegou a ter algumas histórias na Abril e até uma edição especial. Vespa Vermelha, Morcego Vermelho e outros faziam então parte desse clube, sendo que ele era quase sempre apresentado de forma menos "Burra" do que nas suas histórias a solo.

O seu sobrinho Gilberto chego a ter aventuras com ele depois de comer uns amendoins, virando o Supergil e a ter os mesmos poderes do tio, apesar de ser bastante mais inteligente. Não era muito fã e achava completamente desnecessário esse sidekick, mas houve uma altura que gostavam de apostar bastante nos sobrinhos das personagens.

Achava piada ele engolir os amendoins inteiros, com casca e tudo, e ter atenção ao tempo que tinha antes de perder esses poderes. Era comum isso acontecer em pleno voo por exemplo, nada que o atrapalhasse muito mas era sempre divertido.

Quem mais era fã da personagem e do seu tra lá lá?









Enviar um comentário Blogger