0


Uma das mini séries Brasileiras que mais marcou os anos 80, todos cantarolavam a música do genérico e ficaram apaixonados pelos acontecimentos na pensão da dona Irene. A Casa de Irene foi um dos maiores sucessos da rede Bandeirantes e também apaixonou o público Português quando por cá passou.

A Casa de Irene foi uma produção da TV Bandeirantes em 1983, que queria capitalizar o sucesso da série Dona Santa e o talento para a comédia da actriz Nair Bello. O autor escolhido era o mesmo, Geraldo Vietri que idealizou então uma mini-série onde a acção se iria desenrolar numa pensão castiça, onde uma matriarca Italiana ia do oito ou oitenta, tão depressa era muito dura como se comovia com qualquer coisa e se derretia toda.

Ali acontecia de tudo, e era impossível resistir ao talento de Nair Bello, que nos fazia rir com as suas acções exageradas, quer fosse a despedir um empregado ou a abraçar um hóspede, toda emocionada com ele. Vietri criou a personagem com base na música interpretada por Agnaldo Timóteo em 1965 de uma versão feita por Júlio Nagib que tem como título o mesmo da série.













O elenco tinha bastante qualidade, Flávio Galvão era um Português que se apaixonava por cada nova hóspede que aparecia, a empregada interpretada por Neuza Borges, que se armava em artista e chateava a todos na pensão ou a personagem de Elias Gleizer, Alfonso que era deliciava todos com as suas histórias amorosas.

Existia ainda a feminista Gine (Françoise Forton) que era apaixonada pelo Português José Bernardo mas que não queria admitir devido a não concordar com as suas atitudes. Os filhos de Irene completavam o elenco, numa pensão cheia de intrigas e mal entendidos mas que acabavam sempre bem e com muita diversão à mistura.

Foi transmitido pela RTP na segunda metade da década de 80, e penso que deu mais que uma vez porque me lembro de ver isto ao final da tarde mas também já vi anunciado que deu à noite. Talvez com o sucesso que tenha tido por cá, tenha sido emitido em mais que um horário. Eu ri-me muito a ver isto com a minha avó, lembro-me de ver alguns com ela e de me divertir com aquela mulher toda espalhafatosa. Também viram?




Algumas informações recolhidas de http://www.infantv.com.br/

Enviar um comentário Blogger