0

Por vezes tínhamos que procurar o nosso divertimento em objectos e aparelhos que não existiam para esse intento, como agarrar no Telefone e desatar a fazer telefonemas anónimos com perguntas parvas para nos divertirmos um pouco e ficarmos ali às gargalhadas.

As partidas telefónicas eram bastante comuns nos anos 80, algo que crianças adoravam fazer mas que alguns adultos também faziam e se divertiam com isso. Não era preciso muito para a coisa, bastava um telefone e uma lista telefónica, depois era escolher um número ao calhar e decidir o que dizer quando alguém atendesse do outro lado.

Por norma era algo efectuado em grupo, com duas ou mais pessoas para todos nos rirmos com o que fazíamos apesar de nunca ficarmos a saber como é que a pessoa do outro lado ficava, muitas das vezes desligávamos sem sequer ouvir a resposta da vítima, algo que devia ser essencial para o gozo de uma partida mas que nós nem precisávamos, bastava o facto de estarmos ali a fazer algo que não devíamos.

Havia as partidas parvas e maldosas, como o telefonar para o 115 e participar de um acidente falso ou isso, ou as simplesmente parvas e inocentes como telefonar para um desconhecido e perguntar algo sem sentido nenhum. Por vezes telefonávamos para um talho para"tem mão de vaca?" à espera de um "sim" para "então como segura no telefone?". Simples e divertido. Qual é a que vocês costumavam fazer?









Enviar um comentário Blogger