0


Os anos 80 e 90 foram férteis em filmes com carga erótica muito elevada, Mickey Rourke entrou em alguns que marcaram este género, tanto para o bem como para o mal, e o Orquídea Selvagem cai um pouco mais nesta segunda categoria. Não deixou no entanto de ser um filme que muitos viram e ainda se recordam, foi um dos principais filmes dessa leva de filmes eróticos talvez pela intensidade das suas cenas (que muitos dizem serem reais).

Wild Orchid (Orquídea Selvagem) foi um filme de 1989, dirigido por Zalman King e tendo nos principais papéis nomes como Mickey Rourke ou Jacqueline Bisset. Zalman tinha sido o produtor de um dos maiores (se não o maior) filmes eróticos de todos os tempos, o 9 Semanas e meia, decidiu então escrever e realizar um filme dentro desse género chamando para isso o actor que tinha protagonizado o outro sucesso, o galã bad boy Rourke.

Na parte feminina decidiu-se por uma estreante nestas andanças, a belíssima Carré Otis e ainda a veterana com tudo no sítio Jacqueline Bisset. O filme é filmado no Rio de Janeiro e mostra como a jovem advogada (otis) se apaixona por um misterioso Milionário (Rourke) e envolvem-se numa relação tórrida onde o sexo é protagonista e senhor de toda a história.

Pouco depois os dois actores envolvem-se na vida real e muitos afirmam que as cenas entre os dois são reais, daí a intensidade nestas e toda a sexualidade que transparecia para o ecrã. A história era fraca e o filme é arrasado em todos os sites de críticas quer por verdadeiros críticos quer pelo público em geral. No entanto lembro-me de tudo querer alugar esta VHS ou ver o filme quando este foi transmitido na TV aberta.







Enviar um comentário Blogger