0

As pastilhas estiveram sempre presentes na nossa vida, e na década de 80 a caixa amarela das Chiclets Adams eram uma das marcas mais fáceis de reconhecer por todos.

As Chiclets Adams tornaram-se muito famosas graças a um anúncio muito divertido em que uma menina com um sotaque Brasileiro ensinava-nos como mascar uma, como reconhecer a marca com o sacudir da caixa, um reclame divertido, simples e muito agradável que ajudou a popularizar a marca.

Foi o fotógrafo Thomas Adams Júnior que inventou esta nova forma de mascar no Século XIX, aproveitando o convívio com um ex presidente Mexicano e uma espécie de resina que este mastigava e que havia sido descoberta pelos Maias. Começou a ser comercializada em farmácias e a ser um êxito junto dos mais novos, começando a criar novos sabores a a expandir o seu negócio comprando outras duas marcas a Dentyne e a Chiclets.

As famosas caixinhas de cartão com sabor Hortelã ou Tutti-frutti começaram a ser fabricadas no Brasil em 1942, e após o fim da Segunda Guerra Mundial começou a ser um dos produtos mais procurados pelos mais jovens, que viam nisso um acto de rebeldia e de marcar a sua posição. Sempre souberam fazer bom marketing e chamar a atenção para as originalidades do produto, desde a forma quadrada ao barulho crocante dela ao ser mastigada.

A marca continuou a evoluir e foi adquirida pela Cadury, mas tudo irá sempre lembrar da mítica caixa de cartão amarela, do abanar para ouvir o barulho e o de mastigar algo crocante. Sou sincero, não gostava nada delas, o sabor ia depressa embora e aquele gosto da crosta não me agradava muito.




Enviar um comentário Blogger