0


Quando comprei o meu primeiro Discman, decidi comprar também logo um cd para experimentar o aparelho ao sair da loja e a escolha recaiu no best of dos Pretenders, uma banda da qual gostava da sonoridade e uma compra da qual não me arrependi. Bom rock, uma excelente voz e boas malhas que me fizeram ir a abanar a cabeça enquanto ouvia o álbum alto e a bom som.

Os Pretenders formaram-se em Inglaterra no ano do meu nascimento, em 1978, com Chrissie Hynde (Vocalista, Guitarra), James Honeyman-Scott (Piano, Guitarrista, coro), Pete Farndon (Baixo, coro), e Martin Chambers (Bateria, percussão e coro). Tudo começou quando Hynde saiu de Ohio para Londres, aí e após impressionar Dave Hill da Anchor Records, formou uma banda com alguns conhecidos e gravaram uns singles de onde se destacava o cover à musica dos Kinks "Stop your Sobbing" e o 3º single deles foi o primeiro grande sucesso da banda, "Brass in Pocket" sendo #1 em alguns Países e uma das maiores músicas de sucesso do começo da década de 80.

O primeiro álbum (com o nome da banda), foi um sucesso de crítica e público tanto nos Estados Unidos da América como no Reino Unido. Aliás esse primeiro disco é ainda hoje considerado um dos melhores de sempre por várias instituições reconhecidas, tanto num País como noutro. Em 1983 Hynde despede Farndon que estava a causar grandes problemas na banda por causa do seu abuso no consumo de drogas, no entanto meses depois é Honeyman-Scott que morre devido a uma overdose (se bem que um ano depois chega a vez de Farndon morrer com o mesmo problema).


Hynde viu-se assim forçada a refazer a banda, mas mantendo sempre o espírito aguerrido e semi alternativo que caracterizava os Pretenders e que levou a que tivessem logo outro single de sucesso mesmo com a nova banda, "Back on the Chain gang". Diversos problemas levaram a constantes mudanças no grupo, o perfeccionismo da fundadora e líder da banda levavam a que dispensasse membros que não atingiam o nível que ela pretendia e contratasse outros de um álbum para o outro.

Mesmo assim os singles de sucesso não paravam, em 1986 tiveram outro dos seus maiores singles, o "Don't get me wrong" que entrou para o top 10 da Billboard e tornou-se uma das músicas mais conhecidas da banda. É também uma das minhas preferidas e uma das que mais colocava em repeat, perdendo só para o último single de grande sucesso dos Pretenders, a "I'll Stand by You" de 1994 e que foi o último single a entrar para o top nos Estados Unidos e dos últimos #1 da banda no Reino Unido.

A banda foi tendo menos destaque nos anos 90 e piorou com o começo do Século XXI, apesar de ainda se manter em actividade e com os dois membros originais vivos sempre presentes nas diferentes formações que o grupo já teve. Já foram introduzidos no Hall of Fame do Rock n Roll e é inteiramente merecido, uma vocalista aguerrida e um som que marcou os anos 80 um pouco por todo o lado.








Enviar um comentário Blogger