0

Virtua Racing foi dos últimos grandes jogos de sucesso em Arcade e no Mega Drive, lembro-me de existir uma máquina destas (em forma de carro) no bar do liceu onde andava, Polivalente de Cascais, e de gastar lá umas quantas moedas. Logicamente que quando apareceu jogo para a consola tive que o ter também.

Ter o jogo não era fácil, foi dos mais caros de sempre para o Mega Drive (mais de 18 contos) e INDA penei um pouco para o conseguir, mas depois confesso que tive algumas horas de diversão agarrado ao jogo. Os gráficos eram "esquisitos" e completamente diferente do que estávamos habituados, mas a dinâmica dele era viciante, e não era complicado perdermos horas e horas nas mesmas pistas, tudo na ânsia de querermos bater os nossos próprios recordes.

O jogo foi lançado em Outubro de 1992, desenvolvido pela Sega AM2, que apostou forte no conceito de gráficos poligonais em 3D, sendo um dos títulos de maior sucesso do género, e abrindo caminho para algo que acabou por se tornar comum na indústria. O jogo era mais caro porque tinha que vir com algo extra, que nos permita usar um jogo tão "avançado" no Mega Drive.

Na máquina de arcade a diversão era ainda superior, com a possibilidade de enfrentarmos um amigo a proporcionar uns belos momentos com muita adrenalina à mistura. A velocidade sentia-se, de uma forma mais intensa que na consola caseira, e era isso um dos maiores trunfos do jogo, que puxava pela pessoa e fazia com que mesmo com apenas 3 pistas, não quiséssemos largar a máquina e deixar lá todo o nosso dinheiro.

Em casa o modo arcade era o mais usado também, a excitação de tentar completar as pistas dentro do tempo limite a conduzir algo que parecia supersónico era fantástico e compensava a quase ausência de cenários e até uma simplicidade no jogo em si. Gostei bastante e foi um dos meus jogos preferidos na consola, alguém mais jogou?







Enviar um comentário Blogger