0

Os Irmão Castro foram 2 dos nomes mais sonantes do Atletismo Português na década de 90, especialistas em corridas de fundo que bateram alguns recordes Mundiais e tiveram presença constante nos grandes eventos de atletismo mesmo que nem sempre com os melhores resultados.

Domingos e Dionísio Castro nasceram a 22 de Novembro de 1963 em Guimarães, filhos de trabalhadores rurais humildes e que começaram a dar nas vistas nas corridas locais chamando a atenção de Moniz Pereira que os chamou para ingressarem o Sporting Clube de Portugal. Domingos foi vice campeão no Campeonato Mundial de Atletismo em Roma, uma completa surpresa e um excelente resultado que chamou a atenção de todos desde desporto.

Domingos participou ainda em 4 Olimpíadas, ficando em 4º lugar nos 5 Mil Metros em Seul (1988) 11º em Barcelona (92), 25º em Atlanta (96) e 18º em Sydney (2000). Competiu em 18 campeonatos de corta-mato consecutivos (ficando por 2 vezes entre os 10 primeiros), um feito para qualquer atleta e em 1997 conseguiu uma grande vitória na Maratona de Roterdão. Nunca conseguiu uma grande medalha ou um grande lugar num daqueles grandes eventos, mas esteve sempre presente e conseguindo sempre representar Portugal dignamente.

Dionísio também era especialista no fundo, foi a duas Olimpíadas (88 e 92) onde não conseguiu grandes resultados, chegando a desistir na Maratona de Barcelona. Nos três campeonatos do Mundo em que entrou conseguiu dois Oitavos lugar e um 14º, enquanto que nos Campeonatos da Europa ficou no 11º lugar em 1986 em Estugarda nos 10 Mil metros, e em Split conseguiu um 4º lugar nos 5 Mil metros (em 1990).

Foi recordista mundial nos 20 Mil Metros, sendo que ainda é o detentor do recorde Europeu nessa modalidade, um feito ainda por alcançar pelos atletas actuais.

Actualmente os 2 Irmãos gerem uma empresa que organiza eventos desportivos e representa atletas de várias modalidades (incluindo o Futebol).







Enviar um comentário Blogger