0

Lembro-me de jogar ao Sabichão na escola primária, num daqueles dias chuvosos em que não podíamos andar a brincar no recreio, e da confusão que aquilo gerava e de como não demorou para que o arame do boneco servisse de arma contra alguém.

O jogo foi criado pela Majora em 1962, com o intuito de criar um jogo educativo para os mais novos que divertisse e lhes ensinasse algo ao mesmo tempo. Era um típico jogo de tabuleiro, onde se colocava um boneco com um fato à lá feiticeiro e um chapéu à Merlin com uma vara de metal num braço que seria usada para responder à pergunta.

Fazia-se a pergunta e depois era ver o Sabichão responder e tentarmos aprender com isso, e não pensem que eram perguntas básicas ou fáceis, eram até bastante elaboradas por vezes com coisas que só iríamos aprender no Liceu alguns anos mais tarde.

Perguntas como "A Beira Alta fica ao Norte ou ao Sul do Douro?" ou "Que província Ultramarina temos na China" apareciam ali como se fosse algo comum para uma criança aprender logo de tenra idade. Perguntas relacionadas com os nossos Reis também eram comuns, ficando a saber coisas como qual o Rei a abolir a pena de morte e coisas afins.

O jogo continua a ser fabricado mas com perguntas muito mais softs e infantis, e existem até aplicações para o Iphone ou para o Ipad mas nada com a mesma magia ou interesse deste antigo Sabichão. O mistério que era o percebermos como o boneco acertava sempre nas respostas..








Enviar um comentário Blogger