0

Inspector Gadget foi mais um daqueles desenhos animados que marcou uma geração, com um belo genérico, uma personagem carismática e histórias bem divertidas que ajudaram a que este simpático detective ficasse no nosso coração até aos dias de hoje.

Estreou na RTP em 1990, dava no espaço infantil do primeiro canal aos Sábados de manhã e tornou-se um sucesso instantâneo. Foi transmitida a versão Francesa com legendas em Português, e aquele genérico conquistou-nos a todos fazendo-nos cantarolar a música mesmo que fosse só gritar "tã na na na Inspector Gadget tã na na na" de tempos a tempos.

Inspector Gadget (Inspector Engenhocas em Portugal e Inspector Bugiganga no Brasil) foi uma co-produção Norte-Americana, Canadiana e Francesa com os estúdios DIC, Nelvana e FR3 envolvidos e os episódios eram animados num estúdio Japonês.

O desenho animado foi realizado entre 1983 e 1986, com duas temporadas, uma de 65 episódios e outra com 21 episódios com as aventuras de um Inspector trapalhão, sua sobrinha e um cão contra um terrível vilão.

Gadget pertencia à Interpol, e era um Inspector importante apesar de bastante trapalhão, tendo integrado no seu corpo bastantes engenhocas que o ajudavam (ou atrapalhavam) no combate ao crime.

O seu grande inimigo era o Dr. Claw, um terrível vilão que nunca conseguimos ver a sua cara, ou mesmo o seu corpo, estava sempre sentado numa cadeira e só víamos o seu braço a fazer festas a um gato. Isso dava uma grande importância e carisma a esta personagem, todos ficávamos curiosos para ver como seria este inimigo do Inspector Gadget.

Para isso ele conta com a ajuda da sua sobrinha Penny, e do seu cão Brain, estes sim os verdadeiros heróis das aventuras, resolvendo os crimes e muitas das vezes ajudando a que o Engenhocas escape ileso das alhadas onde se encontra. Muitas das ajudas eram às escondidas do seu tio, que não se apercebia e pensava que era ele que dava cabo dos bandidos e resolvia os crimes.

Era um desenho animado bem divertido, interessante e pouco monótono. Já foram criadas diversas versões dele (não tão engraçadas) e até já existiram 2 filmes em imagem real da Disney. Foi repetida nos anos 90 na SIC e no Canal Panda, numa versão dobrada em Português que teve algum sucesso e voltou a conquistar uma nova geração.












Enviar um comentário Blogger