2


Quando Steven Spielberg decidiu no começo da década de 90 aventurar-se pelo mundo da animação, ajudou a produzir alguns dos melhores desenhos animados que vimos nessa década. Tiny Toon Adventures foi um dos mais engraçados, um novo olhar sobre as personagens clássicas da Warner que se mantinham fiéis ao espírito da loucura dos Looney Tunes.

Tom Ruegger criou aquele que foi o primeiro desenho animado original dos estúdios da Warner em mais de uma década, e a Amblin Entertainment foi a produtora que ajudou a criar Steven Spielberg presents Tiny Toons Adventures, onde víamos jovens personagens a aprender numa Universidade como se devem comportar num Desenho Animado, como devem ter piada e divertir o público.

Essas jovens personagens eram na sua grande maioria semelhantes aos clássicos dos Looney Tunes, com traços e características semelhantes aos originais e com uma ou outra personagem original. Havia personagens tão ou mais divertidos que as suas versões originais, tinham uma loucura que caía bem no espírito da coisa e davam um ar surreal à coisa.


A série teve 3 temporadas com cerca de 98 episódios, que foram transmitidos entre 14 de Setembro de 1990 a 6 de Dezembro de 1994, vi-os pela primeira vez na TV Cabo no Cartoon Network na sua versão original, mas lembro-me de terem sido transmitidos nos canais Nacionais numa versão dobrada em Português, apesar de terem passado um pouco despercebidos.

Personagens com o nome em Português do Brasil, no original e os respectivos actores que davam a voz a ele:

Perninha/Buster Bunny (José Leonardo/Charlie Adler) - É o líder do grupo, um coelhinho azul inspirado em Pernalonga/Bugs Bunny (Mário Monjardim), é o mais inteligente deles e aquele que por vezes consegue ser até um pouco a voz da razão no meio da loucura.

Lilica/Babs Bunny (Miriam Ficher/Tress MacNeill) - Uma engraçada coelhinha rosa de camisa amarela, saia roxa e laços nas orelhas, inspirada em Lola. (ela e Perninha frequentemente dizem “Não somos parentes").

Plucky Duck (Marco António Costa/Joe Alaskey) - Um patinho verde e muito egocêntrico inspirado em Patolino (Orlando Drummond Cardoso), que adora competir com Perninha. É tal e qual a sua personagem original nesse aspecto, e tão ansioso por tomar o lugar de líder como o seu mentor e por isso também não olha a meios para atingir os seus fins.

Presuntinho/Hamton (Manolo Rei/Don Messick) - Outra das personagens que era basicamente igual à original, um porco ingenuo e doce como o Porky Pig/Gaguinho (Carlos Marques), e assim como na relação deste com Patolino, ele entra sempre nos esquemas de Plucky.

Roy Corrói/Dizzy Devil (Isaac Schneider/Maurice LeMarche) -  Esta era muito mais fofa e ingénua que a personagem original, um filhote de diabo-da-tasmânia lilás guloso inspirado em Taz.

Valentino Troca-Tapa/Montana Max (Peterson Adriano/Danny Coorskey) - Um garoto malvado,ricaço e metido em valentão, inspirado em Yosemite Sam/Eufrazino Puxa-Briga.

Felícia/Elmyra Duff (Carmen Sheila/Cree Summer) - Uma menina que gostava tanto de animais que ficava a apertá-los até sufocarem e era um pouco inspirada em Elmer Duff/Hortelino Troca-Letras (Carlos Marques) - apesar de amar os animais em vez de caçá-los - e que mais tarde apareceu com Pinky e o Cérebro. É apaixonada por Valentino.

Frajuto/Furrball (Frank Welker) - Inspirado em Sylvester/Frajola (Orlando Drummond), um gatinho muito azarado que sempre se dá mal, No início da série ele era um gato de rua, mas depois alternou entre um dos animais da Felícia e ser de propriedade de Maria Melodia.

Fifizinha/Fifi La Fume (Sónia de Moraes/Kath Soucie) - Claramente inspirada em Pepe Le Pew com a clara distinção de ser do sexo feminino. Ela era uma gambá roxa de sotaque francês, romântica e galanteadora, que apesar da sua elegância e beleza fracassava em todos os seus flertes, devido a cheirar mal. Em alguns episódios aparece como namorada de Presuntinho.

Coiote Coió/Calamity Coyote e Bipezinho/Little Beeper - Tal e qual como as personagens onde são baseadas, estes dois vivem numa constante luta com o coiote sempre a perseguir o papa-léguas, apenas são mais novos e estão de ténis.

Cuco Dodô/Gogo Dodo (Marco Ribeiro/Frank Welker) - Uma das minhas personagens preferidas, era baseado numa personagem que apareceu apenas num cartoon há muitos anos atrás. Ele vive na Malucolândia, um lugar surreal comparável às obras de Salvador Dalí.














Enviar um comentário Blogger