1

Os Pólo Norte foram uma das bandas de referência dos anos 90 em Portugal, um estilo pop-rock agradável e umas letras interessantes ajudaram o grupo a quebrar o marasmo que imperava no panorama musical Português no final da década de 90.

A banda foi fundada em 1992 na região de Belas, concelho de Sintra, por Miguel Gameiro, António Villas-Boas, Rodrigo Ulrich, Francisco Aragão, Tó Rodrigues e Tiago Oliveira. O sucesso veio logo em 1995, com o seu primeiro álbum (produzido por Fernando Cunha) "Expedição" com temas interessantes como uma versão cantada do poema Amor é...


Mas as músicas de maior sucesso foram "Lisboa" e "Grito", que eram tocadas constantemente nas rádios e começaram a atrair algum público. No ano seguinte conseguem chegar ao Disco de Ouro com as vendas do seu segundo álbum, "Aprender a ser Feliz" que conseguiu muitas das suas vendas devido ao single que deu nome ao disco.


Começaram a dar espectáculos um pouco por todo o País e a aparecer em programas televisivos, sendo uma mudança agradável em relação à onda Pimba que assolava o País e devidamente publicitada pela SIC.Passaram três anos até lançarem um novo disco de originais, mas em 1999 o álbum "Longe" ajuda a cimentar o grupo como uma força do nosso panorama musical, foi um sucesso de vendas e despertou o interesse de várias editoras que disputaram a banda para a terem no seu leque de artistas.

A BMG ficou com os direitos do grupo lançando de seguida um álbum com os sucessos da banda ao vivo na Aula Magna. e em 2002 um novo disco de originais, "Pura Inocência", de onde saiu uma música para uma Telenovela da TVI.


A banda não esmoreceu, e em 2005 reinventou-se um pouco no disco "Deixa o Mundo Girar", que tinha uma onda muito mais rock do que os seus antecessores, com músicas que não seguiam uma onda tão calma e eram um pouco mais pesadas. Todas as músicas foram compostas por Miguel Gameiro (Letra e Música), e masterizadas nos estúdios Abbey Road.

O sucesso do disco foi tanto que foi reeditado em 2007, e continua a ser considerado por muitos como o melhor do grupo. Nesta fase final a formação da banda era: Miguel Gameiro (voz), Tó Almeida (guitarra), Marco Vieira (baixo) e Luís Varatojo (Bateria). Ouvi o 1º disco até à exaustão e continua a ser o meu favorito deles, se eles voltassem para um concerto dos seus maiores sucessos eu estaria lá sem falta.








Enviar um comentário Blogger