1

Os Furby foram um dos primeiros brinquedos-robô que viraram febre mundial, uma espécie de peluche que se mexia e falava que virou moda no final da década de 90.

A Tiger Electronics lançou este brinquedo nos EUA no Natal de 1998, com uma grande campanha de marketing e uma publicidade agressiva que tornou o brinquedo um "must have" desse ano, vendendo cerca de 1.8 Milhões de unidades só nesse Natal.

No ano seguinte venderam 14 Milhões de unidades, começaram a ser comercializados um pouco por todo o mundo e traduzidos para mais de 24 idiomas. O boneco tinha um conceito bastante original, ele começava a falar somente a sua linguagem "o furbish" e com o tempo ia aprendendo a "nossa" linguagem e começava a dizer frases no nosso idioma.

Nos três primeiros anos o brinquedo vendeu cerca de 40 Milhões de unidades, e agências de segurança e empresas chegaram a proibir os bonecos nas suas instalações com medo que eles aprendessem a linguagem repetindo aquilo que ouviam.

Furby tem 24 nomes, três diferentes tons de voz, seis cores de peles e quatro cores de olhos. Eles podem executar mais de 300 combinações de movimentos dos olhos, ouvidos e boca e dizer até 800 frases diferentes. Eles também podem interagir uns com os outros através de uma porta de infravermelho, colocada sobre seus olhos.

Por cá não foi uma grande febre, mas no Brasil teve algum sucesso. O tamagotchi (algo mais ou menos dentro do mesmo género) fez mais sucesso no nosso País, mas o conceito deste boneco foi bastante original e continua a ser comercializado hoje em dia, apesar de longe do sucesso do final da década de 90.






Enviar um comentário Blogger