1

Buck Rogers no Século XXV foi uma série de Ficção científica do final da década de 70, utilizando uma personagem famosa que já tinha sido adaptada a diversos formatos e com a produção de Glen A. Larson.

A personagem tinha sido criada em 1928 por Philip Francis Nowlan, e já tinha sido adaptada a Livros, Tiras, Rádio e Televisão e era já uma vontade antiga do produtor Glen A. Larson que depois do sucesso da série Galactica, avançou para este projecto. No início a ideia era ser feito uma série de filmes, inspirados pelo sucesso de Star Wars, e a Universal chegou mesmo a lançar um filme em 1979 que teve algum sucesso e levou a NBC a encomendar uma série.

Foram 2 temporadas transmitidas entre 1979 e 1981, num total de 37 episódios que tiveram algum sucesso, numa série que ficou ali entalada entre a Galactica e o V Batalha Final, conquistando uma legião de fãs e agradando ao público em geral.

A série poupou dinheiro utilizando muitos dos cenários e materiais da série Galactica, ou então ideias não utilizadas como o design das naves Starfighter que tinham sido conceito original dos Vipers e vieram do mesmo criador, Ralph McQuarrie.

Buck Rogers (Gil Gerard) era um astronauta Terrestre que depois de ser acidentalmente congelado nos anos 80, desperta somente no Século XXV onde acaba por se tornar um patrulheiro acompanhado por um Robot minúsculo chamado Twiki,

A série era povoada por muitas mulheres, sempre em fatos de licra justos, que ajudaram a reforçar a fama de galã do protagonista e a ser um sucesso junto dos adolescentes, o que levou a que fosse encomendada uma segunda temporada.

As mudanças na segunda temporada só prejudicaram a série, tentando imitar Star Trek e passando os episódios todos numa nave ou em planetas desertos, que prejudicaram a imagem do protagonista e levaram ao seu cancelamento.

A RTP  transmitiu isto na primeira metade da década de 80, na sua versão original e legendada em Português, lembro-me bem da música de genérico intensa com uma narrativa emocionante mas não fui muito fã da série. apesar de me ter divertido com um ou outro episódio.




Enviar um comentário Blogger