0

Sou um grande entusiasta do Natal desde pequenino, e por isso era um grande fã destes 2 hinos do Natal infanto-juvenil dos anos 80, cantando-as sem parar durante a quadra.

Na escola Primária lembro-me de ser escolhido em 2 anos seguidos para cantar a música "Olhei para o Céu" na festa de Natal. Era uma música simples, rápida e onde se repetia o refrão para um maior efeito sobre o público, acompanhada por uma coreografia simples e que explicava bem toda a letra da música.


Eu hei-de dar ao menino
Uma fitinha pró chapéu
E ele também me há-de dar
Um lugarzinho no ceu

Olhei para o céu
Estava estrelado
Vi o deus menino
Em palhas deitado
Em palhas deitado
Em palhas estendido
Filho duma rosa
Dum cravo nascido



Depois na TV vinha o hino maior, a música que era um dos pontos altos do Natal dos Hospitais e cantada pelo coro Infantil de Santo Amaro de Oeiras, "A Todos um bom Natal". Tinha uma sonoridade que casava na perfeição com esta quadra, uma letra um pouco longa mas profunda que ganhava uma maior emoção quando os solistas cantavam algumas das quadras nos intervalos do refrão (que ficava no ouvido), que era repetido várias vezes durante toda a música.


Refrão: 
A todos um bom Natal (bis) 
Que seja um bom Natal 
Para todos nós. 

No Natal pela manhã
Ouvem-se os sinos tocar
Há uma grande alegria
No ar 
Refrão 

Nesta manhã de Natal
Há em todos os países
Muitos milhões de meninos
Felizes

Refrão

Vão aos saltos pela casa
Descalços ou em chinelas
Procurar as suas prendas
Tão belas

Refrão 

Depois há danças de roda
As crianças dão as mãos
No Natal todos se sentem
Irmãos

Refrão

Se isto fosse verdade
Para todos os meninos
Era bom ouvir os sinos
Cantar 

Refrão



Não se apostou mais neste tipo de música, e ainda hoje são cantadas por várias crianças nas festas de Natal.


Enviar um comentário Blogger