4


A RTP tinha uma programação matinal muito interessante no começo da década de 90, e em 1991 podíamos ver um concurso bem divertido com a apresentação de um estreante na TV, o mágico Luís de Matos.

Foram 90 programas transmitidos pelo Canal 1 (entre 27 Março e 02 de Agosto de 1991), logo naquele período antes do Jornal da Tarde, e que consistia em concorrentes a olhar para um monitor que apresentava um mapa (que era em tudo semelhante com a Batalha Naval), e a tentarem descobrir um tesouro numa ilha isolada no oceano.

Eu fazia muitos mapas junto com o meu vizinho para brincarmos ao jogo em folhas de papel, na Televisão os concorrentes tinham que sair da água para a ilha e tentar escavar no local do tesouro. Lembro-me do Luís de Matos perguntar sempre "Quer escavar?" a eles para estes tentarem descobrir a arca, ele era ainda muito novo mas já com um grande carisma e que ajudava a que o programa ficasse bastante interessante.



Graças ao site http://www.brincabrincando.com pude colocar estas imagens e lembrar-me mais de como era os jogos. Os jogadores começavam com 2 caravelas no mar, e no máximo de 15 jogadas podiam chegar e conseguir o cobiçado Tesouro. Mas não era fácil aportar na Ilha, nem todas as casas davam e podiam ser também eliminados caso escolhessem pesquisar uma arca afundada e esta tivesse um vírus.

Ao longo do jogo iam recebendo palpites que os ajudaria a descobrir o tesouro, que lhes podia dar um prémio até 500 contos o que na altura era um excelente prémio. Foi produzido no Porto e era da autoria do Portuense Álvaro de Magalhães, mostrando um jovem Luís de Matos (que tinha uma rubrica chamada o Espaço Mágico no Ponto de Encontro) no seu primeiro programa (que ao contrário dos outros concursos era 100% Nacional) como apresentador.



Sabendo agora que o programa era 100% nacional ainda lhe dou mais valor, não era uma simples adaptação de um concurso estrangeiro e tinha ainda a particularidade de ser o primeiro a apostar tanto no formato electrónico com o computador em grande destaque, tentando haver uma fusão entre jogo de tabuleiro e jogo de computador.

Passei começos de tarde muito divertidos a ver isto, era bem divertido e até um pouco emocionante.






Enviar um comentário Blogger