2


The A-Team é daquelas poucas séries que é conhecida por 2 nomes em Portugal, por Soldados da Fortuna  na sua primeira transmissão na RTP e por Esquadrão Classe A aquando da transmissão na TVI. Em ambos os casos foi um sucesso e continua até hoje como uma das séries mais populares de sempre, quer em Portugal quer no Brasil.

A série foi criada em 1983 por Frank Lupo e Stephen J. Cannell, tendo estado no ar até 1987 num total de 98 episódios e 5 temporadas que mostravam as aventuras de um grupo de elite, uns ex-militares que foram injustamente condenados por um crime que não haviam cometido. Lembro-me de ver isto em horário nobre na RTP (para aí entre 1984-86) durante um dia qualquer da semana, e de vibrar com a acção e a aventura que acontecia em cada episódio (onde por incrível que pareça não se via mortos nenhuns no meio de tanta explosão e tiro) para além da personagem carismática que dava pelo nome de B.A.

No Brasil a série foi transmitida em 1984 às sextas no canal SBT, sendo um sucesso completo de audiências e muito por culpa da dublagem que a mesma tinha usado nessa transmissão. Havia personagens que ficavam ainda melhores com as vozes Brasileiras, pudemos comprovar isso quando a TVI começou a transmitir isto de manhã na década de 90, isto aqueles que já a tinham visto na sua versão original e com legendas em Português.

O Tenente Coronel John "Hannibal" Smith (George Peppard) era o líder do grupo, um oficial carismático que adorava o seu charuto e que o seu plano desse certo. Planos esses que eram sempre pouco ortodoxos, mas que acabavam por ser eficazes. O Tenente Templeton "The Faceman" Peck (Dirk Benedict) era o galã do grupo, o que conseguia as coisas necessárias para as missões e o que ficava sempre com as miúdas, enquanto que o Capitão H.M. "Howling Mad" Murdock (Dwight Schultz) era o piloto de serviço e um oficial que não jogava com o baralho todo, sendo bastante excêntrico.

Mas a estrela do grupo era o Sargento Bosco B.A. (Bad Atitude) Baracus (Mr. T), um Afro-Americano musculado com um mohawk e kgs de ouro ao peito que fervia em pouca água e era o homem forte do grupo, um peso pesado que conseguia resolver à pancada os problemas que lhe apareciam à frente.

Ele odiava Murdock e em especial voar com ele a pilotar o avião, por isso uma das storylines recorrentes era a dos restantes integrantes do grupo tentarem o colocar dentro de um avião, recorrendo para isso a alguma bebida drogada (por norma Leite) e a qual o BA bebia sempre apesar de já ter sido vítima de um ardil desses em aventuras anteriores. Existe a curiosidade de no piloto da série, ter sido outro actor a interpretar o papel de "Face", o Tim Dunigan, que foi dispensado por parecer muito novo no ecrã e não passar por veterano do Vietname.

Outra personagem da série, e tão popular entre o público com alguns dos actores, era a carrinha utilizada pelo grupo que pertencia a B.A., um furgão preto com uma lista vermelha e com bastante espaço para levarem material e as pessoas a quem ajudavam. Apesar daquela camaradagem no ecrã, falava-se que havia problemas entre os elementos do grupo, em especial por causa do feitio complicado de Peppard e deste não gostar da atenção que davam ao Mr. T.

Recentemente fizeram um filme baseado na série, e o mesmo foi bastante interessante e fez jus à série. Já foi repetida várias vezes na TV Portuguesa, e acho que é uma série que envelheceu um pouco mal, mas que mesmo assim ainda dá para rir um pouco a ver alguns episódios.








Enviar um comentário Blogger