2


Muito antes de Glee, já existia uma série de sucesso que mostrava um grupo de jovens deslocados a tentarem a sua sorte no mundo artístico, a série Fame. A série derivou do filme de sucesso com o mesmo nome de 1980, estreou em 1982 e esteve na Televisão até 1987 num total de 6 temporadas.

A série foi transmitida pela RTP 1 durante a década de 80, uma dessas vezes era durante a tarde dos dias de semana e foi essa que vi com mais atenção (talvez por 1986), apesar de ter sido uma série que nunca me seduziu muito. A série estreou na NBC em 1982 e apesar de ter boas críticas, nunca foi um grande sucesso de audiências e o canal cancelou-a depois de duas temporadas. Foi preciso o canal de cabo MGM comprar os direitos da mesma para a transmitir e a renovar por mais 4 temporadas para que esta tivesse mais episódios e conseguisse assim chegar aos 136 episódios transmitidos.


A série tinha 4 personagens que transitavam do filme, curiosamente as com mais carisma e mais interessantes, e era estas que me atraíam na série com os seus problemas e as situações onde os 4 se envolviam.

Bruno Martelli (Lee Curreri), era o jovem pianista talentoso que era bastante tímido e introvertido, enquanto que Leroy Johnson (Gene Anthony Ray) era o oposto, um dançarino extrovertido que dizia tudo o que pensava e que vinha duma vizinhança complicada.

As outras 2 personagens faziam parte do grupo de professores, o simpático Benjamin Shorofsky (Albert Hague) um avô que todos queriam ter e a instrutora de dança Lydia Grant (Debbie Allen) dura mas justa.

A música do genérico era a mesma do filme, cantada por pessoas diferentes, o que garantia o sucesso logo da série já que tudo identificava rapidamente o tema, para além de ser muito fácil de ficar no ouvido. A série tinha os típicos ingredientes de uma série juvenil, problemas amorosos, amizades que se faziam e desfaziam rapidamente, problemas na escola, etc, etc.

Lembro-me apenas que cansava um pouco alguns temas abordados na série, e pelo excesso de cantoria e dança numa altura que isso não interessava muito para a coisa.








Enviar um comentário Blogger