0


Os Ingleses sempre gostaram da sua dose de maluqueira, quer nas séries de imagem real, quer nos desenhos animados e sempre que víamos o logotipo da Thames Television sabíamos que vinha aí coisa boa. Danger Mouse foi um desses desenhos animados, com uma boa dose de loucura e uma animação frenética que prendia quer adultos quer crianças ao pequeno ecrã.

A série foi criada por Brian Cosgrove e Mark Hall em 1981, e foram produzidos 89 episódios onde mostravam a aventura de um Rato caolho que era uma mistura entre James Bond e Sherlock Holmes, e que tinha um genérico bastante viciante com uma daquelas músicas que nos acompanha para a vida toda.

Danger Mouse mostrava as aventuras de um destemido agente secreto e do seu ajudante trapalhão, o Penfold, sobre o comando do Coronel K e onde combatem os criminosos, nomeadamente o Barão Silas Greenback e os corvos Stiletto Mafiosa e Leatherhead. A série foi transmitida pela RTP na sua versão original e sem legendas, penso que na primeira metade da década de 80 e ocasionalmente, penso que não foi transmitido de forma regular pelo canal estatal e por isso também me recordo pouco deste desenho animado.

Lembro-me que me divertia com ele e isso basta, provavelmente não apanhava toda as nuances do humor britânico, mas ria-me com algumas das situações e gostava da acção constante em cada episódio.











Enviar um comentário Blogger