2

Conforme se ia entrando na adolescência, o dinheiro dado pelos nossos Pais ou os nossos parentes ia tendo outro impacto, o valor monetário era já de outra categoria e longe iam os tempos de uns simples 50 ou 100 escudos. A nota de Mil escudos era uma nota bastante importante, tinha um valor algo "elevado", já que dava para bastantes coisas e era comum uma nota destas durar umas boas semanas nas mãos de um adolescente e este conseguir mesmo assim satisfazer as suas necessidades capitalistas.

A nota de Mil Escudos que mais me passou pelas mãos foi a que tinha um desenho representando o Teófilo Braga e no verso a representação de algo que se encontrava no Museu de Machado de Castro em Coimbra. A nota tinha 163 x 75 mm (sensivelmente do tamanho da nota que a antecedeu) e entrou em circulação a 14-07-1988 tendo saído de cena em 1996, sendo substituída por uma nota mais pequena e sem tanto charme.

Esta nota tinha a efígie de Pedro Álvares Cabral e no verso uma Nau de Cabral juntamente com a fauna e flora Brasileira. Esta nota entrou em circulação em 18-04-1996, e tinha como particularidade o facto de contra a luz ter uns desenhos que ajudavam a impedir a falsificação.


Ela era mais pequena que as suas antecessoras, 132 x 68 mm, e o seu valor também começava a ter menos impacto na nossa vida até que ela saiu de circulação em 2002.

Não posso falar de notas de Mil Escudos sem falar das primeiras que me passaram pelas mãos, umas que tinham um ar antigo e imponente com a imagem de D. Pedro V.

Esta nota tinha ainda no verso as efígies de D. Pedro e D. Estefânia invocando ainda a inauguração dos caminhos de ferro em Portugal. Tinha 162 x 82 mm ocupando bastante espaço na nossa carteira ou mealheiro e era uma festa quando algum parente se decidia a oferecer-nos esta nota. Ela entrou em circulação em 1979 e saiu da rua em 1991, por isso mesmo ainda tive direito a umas poucas mas as do Teófilo foram sem sombra de dúvida as que mais vi serem usadas durante o meu tempo de criança/adolescente.








Enviar um comentário Blogger