0


No final da década de 80 a música Portuguesa continuava bastante animada com o constante surgimento de bandas novas e inovadoras no concurso Rock Rendez Vous, e a banda Sitiados conquistou tudo e todos com a sua fusão da música Rock com a música tradicional Portuguesa.

João Aguardela (vocalista), José Resende (guitarra) e Mário Miranda (baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se ao baterista Fernando Fonseca para formar a banda dos Sitiados que com o 2º lugar conquistado no Rock Rendez Vous, consegue colocar a música "A Noite" na colectânea "Registos".

A banda foi sempre muito dinâmica e com uma constante renovação no seu elenco, e com a entrada do baixista João Marques (ex-Clandestinos), de Jorge Buco (bandolim) e da acordeonista Sandra Baptista editam o seu primeiro álbum em 1992, "Sitiados", que com o sucesso da música "Vida de Marinheiro" domina o País e vende mais de 40 mil unidades. Outra música que marcou o país foi "O Circo", e uma das minhas preferidas da banda já que tocava em quase todas as festas de aniversário desse começo da década.

A energia em palco e o carisma do seu vocalista contribuem para que a malta fique fã da banda, o concerto deles a 11 de Novembro de 1993 no Pavilhão Carlos Lopes foi um sucesso estrondoso e um daqueles concertos que é recordado ainda nos dias de hoje. Foram uma das melhores bandas no projecto Filhos da Madrugada com a música "Formiga no Carreiro" e no projecto Canções do António com o "Corpo é que paga", no caso da dos Filhos da Madrugada considero mesmo a melhor banda nesse disco e no concerto. A energia deles era por demais contagiante e era impossível um jovem da altura ficar indiferente à sua música, com a sua fusão de instrumentos musicais Portugueses e música Rock eles marcaram para sempre o panorama musical Português e tudo lamentou a morte do seu vocalista a 18 de Janeiro de 2009 com apenas 39 anos de idade.







Enviar um comentário Blogger