0


O Liceu era um local onde se começava a ouvir muita música que nunca tínhamos escutado, que abríamos os nossos horizontes a nível musical e na década de 80 apareciam bandas que, com o seu repertório e o seu carisma, dominavam os pátios da escola e assim contagiavam toda uma geração. Guns N' Roses tomaram de assalto os adolescentes dessa década e os lenços no pulso, os calções de ganga e os Ténis All-Star começaram a aparecer em todos os liceus nos corpos dos adolescentes que queriam ficar mais parecidos com a banda Norte-Americana.

Foi em 1985 que o vocalista Axl Rose, os guitarristas Slash e Izzy Stradlin, o baixista Duff McKagan e o baterista Steven Adler formaram a banda que em 1987 lançava um álbum que vendeu mais de 28 Milhões de cópias no mundo inteiro. "Appetite for Destruction" chegou a número 1 do top de vendas e muito graças ao mega hit "Sweet Child of Mine" (que ainda hoje é o meu toque de telemóvel), que ajudou o disco a bater o recorde de álbum de estreia mais vendido dos Estados Unidos com 18 Milhões de unidades colocando a banda no mapa mundial.

Este é o grupo que ajudou a revitalizar o género do Rock n Roll, numa altura que o pop metal e o dance music dominavam o panorama musical, e eram apelidados de "A banda mais perigosa do mundo" para além de compararem a energia transmitida pelo grupo, àquela que há alguns anos era transmitida pelos Rolling Stones. Não foi por isso de estranhar que em 2012, o primeiro ano onde podiam ser nomeados, foram indicados para o Hall of Fame do Rock n Roll com todo o seu lineup original e ainda Reed e Matt Sorum.



O carisma de Axl e de Slash saltavam para fora do palco, a sua forma de estar e de vestir eram bastantes sui generis mesmo para a década que se vivia, e era a química que transparecia deles os dois que ajudava a que todos vibrassem com a mesma e com aquela aura de Bad Boys que exalava das suas interpretações. O primeiro single da banda, "Welcome to the Jungle", começou a conquistar lentamente a atenção dos fãs de Rock e após um ano do álbum já ter sido lançado, iniciou a banda na Televisão com o clip a ser mostrado constantemente na MTV e abrindo assim caminho para o segundo single da banda, o "Sweet Child of Mine" cujo riff inicial viciou o pessoal e conquistou tudo e todos. O mais engraçado é saber que Slash odiava a música e considerava ela a mais fraca das que já tinham escrito, no entanto foi o maior sucesso da banda e a sua única música a chegar ao #1.

A banda foi contratada para as aberturas de shows dos Iron Maiden e dos Aerosmith, e a dada altura já eram tão grandes que numa ocasião a revista Rolling Stones apareceu para escrever um artigo sobre os Aerosmith e quem acabou na capa foram os Guns N' Roses. "November Rain", uma balada do álbum "Use your Illusion", foi um dos videoclips mais caros de sempre assim como os que a banda criou para as músicas "Don't Cry" e "Estranged". A tour para promover estes álbuns duplos do Use Your Illusion, é ainda hoje recordista de ser a tour mais longa de toda a história do Rock e é recordada por marcar uma década e pelos constantes escândalos que aconteceram.

O incidente em St. Louis ficou legendário e ajudou a mostrar o carácter e o temperamento de Axl Rose quando este salta do palco para cima de um fã que estava a filmar o espectáculo sem autorização, e depois quando volta ao palco decide abandoná-lo ajudando a que começasse um motim que feriu centenas de pessoas e levou a que o vocalista da banda fosse acusado em tribunal. Outra característica dessa tourné era a de que Slash levava a cabo uma cover do tema do filme "Godfather" com a sua guitarra, algo que ainda hoje é muito apreciado pela qualidade técnica da execução deste exímio guitarrista.

Os problemas com as drogas e álcool levaram a que a banda fosse perdendo alguns dos seus membros que não queriam embarcar nesses vícios, e problemas com o feitio de Axl e a sua constante mania de entrar tarde em palco levaram a mais problemas com o público dos concertos. Numa tour em conjunto com os Metallica, a banda contribuiu de novo para que um motim se iniciasse e levou a outra banda a afirmar que tinham aprendido com os Guns como não se comportar em palco e o que não deviam fazer como um grupo de rock perante uma audiência que os queria ver e aplaudir.

Foi uma banda de sucessos e polémicas, de guerras com outras bandas (como a que os envolveu contra os Nirvana), de grandes músicas de rock e de conflitos internos que levaram a que a banda chegasse ao fim no começo da década de 90. Apesar disso tudo, é impossível alguém falar de bandas marcantes de Rock N Roll e não mencionar esta banda e os seus integrantes. A k7 que eu tinha com o "Sweet Child of Mine", Knockin on Heavens Door", "Don't Cry" e "Patience" era tocada ad eternum e tive que gravar várias cópias por causa do estado em que a fita ficava de tanto tocar no meu walkman.






Enviar um comentário Blogger