7


A série os Eternos Novatos (Perfect Strangers) foi uma comédia da segunda metade da década de 80, nela víamos dois primos vivendo juntos com aquele clássico argumento de serem completamente diferentes na sua forma de viver e no comportamento que tinham nas mais diversas situações. A série teve 8 temporadas, 150 episódios que foram transmitidos entre 1986 e 1996 na cadeia ABC tendo sido transmitida por cá em horário nobre no final da década de 80.

Larry Appleton (Mark Linn-Baker) vai viver para Chicago para ganhar a sua independência longe dos seus pais, mas quando ele começava a desfrutar dessa vida recebe a visita do seu primo afastado Balki Bartokomous (Bronson Pinchot), um pastor de cabras simples e ingénuo de uma ilha do Mediterrâneo, que tinha uma energia tremenda e só conhecia a América por referências de pop-culture que lhe chegavam à ilha. Este choque de culturas deu origem a muitas gargalhadas com uma série simples mas divertida onde os dois primos se metia sempre em sarilhos devido às diferentes perspectivas que cada um deles tinha da vida em sociedade.

Lembro-me que amava o sotaque de Balki e a sua frase padrão, "Don't be ridiculous", rindo-me sempre que ele a proferia para o desespero do seu primo Larry. Outra coisa comum era Balki conseguir sempre o que queria e quando o seu primo colocava objecções, ele apenas chorava desesperadamente até que Larry cedia e concedia o desejo do seu primo excêntrico, e isto levava Balki a dançar a Dança da alegria (Dance of Joy).

Larry era o típico citadino neurótico, aspirava a ser um fotógrafo e tinha a mania que sabia das coisas usando em muitas ocasiões a frase "Watch and Learn", mas muitas vezes metia-se em problemas e era o seu primo Balki que o salvava.

A série foi um sucesso de audiências, e continua na memória de muitos de nós que se divertiram a ver as peripécias de um simples pastor de cabras numa grande cidade. Bem que a RTP Memória podia repetir esta série de modo a podermos recordar melhor esses episódios.








Enviar um comentário Blogger