1


Nucrema era uma das escolhas preferidas da criançada da década de 80 no que tocava a coisas para barrar no pão, era mais uma das escolhas doces que competia com o Tulicreme e afins como rainha das preferências do público infantil.

Leite, Cacau e Avelãs (ou chocolate) numa mistura mais espessa e granulada que a "manteiga de chocolate" fornecida pelo Tulicreme, a Nucrema é do género da outra maravilhosa escolha que dá pelo nome de Nutella, um creme para barrar que se podia (e devia) manter fora do frigorífico e era daquelas coisas que em algumas ocasiões até preferíamos comer sem o pão e somente à colherada.

Os anúncios a ela, nas revistas de Banda Desenhada ou na TV, aludiam quase sempre à prática do desporto, numa vã tentativa de nós pensarmos que éramos desportistas só por a estar a comer provavelmente. Lembro-me que nem sempre podia ter esta iguaria lá por casa, e das poucas vezes que a comi gostei muito mais do que do Tulicreme, mas agora penso que já não existe no nosso País, ficando somente a Nutella nesta variante de paste da chocolate num boião.







Enviar um comentário Blogger