4


Não havia quem não tivesse visto um filme ou um desenho animado da Disney em 1991, ou algum programa com a chancela Jim Henson (como os Marretas ou Fraggle Rock) e por isso quando vimos a estreia de um programa com estes 2 nomes juntos, as expectativas eram grandes.

Dinossauros estreou em 1992 no nosso País, no Domingo à tarde a seguir ao mítico Top + e depois da hora de almoço, conquistando uma geração adolescente que ansiava por programas com este tipo de humor. Sim o programa supostamente era "infantil", mas tinha um tipo de humor mais adulto e uma crítica ao modo de vida Americano nos mesmos moldes de outra série que nos conquistava o coração, Os Simpsons.

Apesar da dobragem em Português, por norma guardado para os programas mais infantis, ou talvez pela qualidade e comicidade dessa mesma dobragem, o programa foi um sucesso. É uma pena não existir muita informação sobre os actores desta dobragem porque mereciam esse reconhecimento. A série foi um sucesso, em especial por causa de um personagem rebelde e divertido, o Bebé.

Existem histórias que Jim Henson já tinha pensado nisto há uns anos, mas todos achavam uma ideia absurda e foi preciso o sucesso dos Simpsons para que alguém se lembrasse de colocar isto no ar. Por cá a família Sinclair virou Silva Sauro, dando para o trocadilho com o nome do pai Dino, Dino Sauro.

Dino era o típico Patriarca, um Quarentão que trabalhava numa fábrica, bastante ingénuo e sugestionável que tentava de tudo para impressionar a sua família. Era comum os seus esquemas para melhorar de vida, os seus conselhos para os seus filhos, ou a tentativa para se dar bem com o Bebé.

Fran era a típica esposa que ficava por casa e tratava da família, reclamando pela mesma não passar mais tempo juntos e dedicando-se aos seus três filhos. Bebé era o mais novo, como o nome bem indica, e adorava a sua mãe gritando sempre efusivamente "MAMÃ". Por outro lado, saudava sempre o seu Pai com um "Não és a mamã" seguido quase sempre por uma pancada na cabeça deste, normalmente com uma frigideira. Charlene era a filha do meio, com 13 anos, e era a típica adolescente feminina mais preocupada com a moda e a vida social do liceu do que com os problemas ao seu redor.



Robert era o filho mais velho, 15 anos, e demonstrava ser o mais inteligente da família, sempre preocupado com o mundo estar preso a tradições antigas, pelas quais ele já não via grande necessidade. Num episódio isso é levado a um extremo, quando ele tenta salvar a sua Avó que ia ser abandonada à morte devido a ser tradição nos Dinossauros quando estes chegam a uma certa idade.

Ao ver isto sentia-se uma mistura entre Simpsons e Flintstones que era deliciosa, o emprego de Dino era alvo de muitos dos episódios com os seus parceiros, e o seu chefe, a ganharem papel de destaque em especial para combater os esquemas mirabolantes de Dino.

A série durou 4 temporadas e teve 65 episódios que duraram de 1991 a 1994. Gostava de ver isto em DVD, mas só se vê com a dobragem PT-BR ou a versão original, e isto cai naquela categoria de que a maneira como se vê pela primeira vez é aquela que queremos sempre ver.





Enviar um comentário Blogger