3
Em 1998 tive o meu primeiro ordenado a sério, e parte dele foi logo gasto na compra de um cd que dominava os top's de vendas, o "Silence becomes it" dos Portugueses Silence 4. Mais de 90% das suas músicas eram em Inglês, mas tinham uma energia e uma qualidade que passava por cima de alguns dos protestos que uns levantavam por uma banda Portuguesa se apresentar assim.

Eles tinham uma personalidade forte, recusaram as pressões das editoras para gravarem o álbum em Português, e foi só quando gravaram uma cover do Erasure, "A little respect", e o sucesso que essa atingiu em algumas estações de rádio que uma editora, a Polygram, aceitou as suas maquetes impondo algumas condições que se acabaram por tornar irrisórias com o sucesso que o disco atingiu.

E uma das músicas até era em Português, com a colaboração e participação do grande Sérgio Godinho.

David Fonseca (vocalista e guitarra), Sofia Lisboa (vocalista), Rui Costa (baixo) e Tozé Pedrosa (bateria) formavam a banda que era presença constante nos auto-rádios da geração mais nova e nas rádios de liceu.

Era aquele rock que dava para um "head-bang" com a força que a música transmitia e esta "My Friends" era um perfeito exemplo disso. "Angel song" era a balada intimista, "Borrow" a pop comercial perfeita para rádio e o conjunto das músicas do álbum era tão eclética que ajudou e muito a atingir os seis discos de platina, mais de 250 mil discos vendidos, e o domínio do top durante meses e meses.

Todos sabíamos as letras de cor e ainda hoje cantamos ao ouvir alguma das mencionadas em qualquer lugar. A banda foi então para Londres e com as condições técnicas que não teve para gravar o 1º álbum veio de lá com o seu segundo álbum "Only pain is real".


"To give" foi o single que sobressaiu neste álbum de 2000, um álbum mais acústico e que tinha uma toada mais calma e com menos músicas "eléctricas" e mexidas do que o seu primeiro. A banda acabou pouco depois e em 2004 ainda saiu um cd e dvd com o concerto deles ao vivo no Coliseu. Chegava assim ao fim uma banda que se começou a reunir em 1995, que decidiu usar o nome Silence quando Rui Costa sugeriu que desligassem os amplificadores e tocassem de forma mais acústica, a banda que usou o prémio monetário ganho num concurso do jornal Blit para gravar as suas maquetes e que conseguiu impor a sua vontade de gravar um disco só em Inglês apesar dos protestos das editoras.





Enviar um comentário Blogger