2

O Major Alvega foi uma das melhores séries de produção Nacional, a qualidade técnica desta série em conjunto com um bom argumento e um excelente elenco, deu-nos algo que não ficava nada atrás de muita série estrangeira.

Em 1997 a RTP colocava no ar um herói que já tinha conhecido vida no papel, numa banda desenhada que retratava as aventuras de um herói Anglo-Português da RAF (a força aérea Britânica) e que fez furor nas décadas de 60 e 70 na revista "O Falcão". O herói criado em 1956 por Mike Butterworth e Geoff Campion, sofreu uma alteração no tempo da censura e ganhou um teor mais Nacionalista sendo rebaptizado de Major Jaime Eduardo de Cook e Alvega, ribatejano por via paterna e Inglês por via materna.

As aventuras televisivas seguiam a linha da BD, muita acção, suspense e doses maciças de humor enquanto enfrentava e vencia alguns dos maiores nomes da história do lado inimigo. Para além disso os cenários da série eram sempre ilustrações à lá BD, numa inovação que contribuiu muito para o sucesso da série junto do público que se rendeu à qualidade desses cenários e das interpretações dos actores do elenco.



Ricardo Carriço (Major Alvega) teve uma das melhores interpretações da sua carreira, o seu visual dava o ar jovial e "engatatão" necessário a este herói enquanto que António Cordeiro (Coronel Helmut Von Block) roubava as cenas onde aparecia com a personificação de um militar maléfico e megalómano que fervia em pouca água. Os seus gritos "Schnell!" ficaram lendários, assim como o tratamento para com a sua ajudante, Rosa Bela (Fraulein Schmidt), que vivia dividida entre o seu dever e os sentimentos que nutria pelo nosso herói. O mito vivo que era Fernando Pessa, narrava as aventuras do Major como se tratasse de notícias da guerra como o que já havia feito para a rádio da BBC.

A série está em reposição na RTP Memória, todos os fins de semana pelas 11h da manhã, e aconselho vivamente todos que possam a dar uma olhadela caso não a conheçam. Quem a conhece, aproveite para rever que a mesma envelheceu muito bem. É um mimo olhar para aqueles cenários bem pintados, e que dá um ar mais realista à acção do programa do que se usassem cenários reais que nunca atingiriam a atmosfera épica que se pretendia transmitir.

Lembro-me de seguir isto atentamente e de me deliciar com o humor da série, era algo que fugia ao comum da nossa Televisão e os cenários desenhados garantiam a minha total atenção. Fiquei ainda mais fã de António Cordeiro com o trabalho que este desenvolveu nesta série.


Eis alguns dados desta excelente série Portuguesa que já merecia uma edição em DVD.


FICHA TÉCNICA
Ano: 1998 / 1999
Canal: RTP
Estúdios: Miragem
Elenco:
Ricardo Carriço - Major Alvega
Rosa Bella - Fräulein Schmidt
António Cordeiro - Coronel Helmut Von Block
Fernando Pessa - Narrador
Outras personagens:
Canto e Castro - Sir Hugh
Júlio Cardoso - Churchill
José Wallenstein - Professor Strudell
Alexandre Falcão - Hitler
Cristina Homem de Mello - Makelove

Ficha técnica:
Realização – Henrique Oliveira
Assistente de realização – Maria Pires Pereira
Produção – Margarida Santos
Produção executiva – José Luís Vieira
Assistente de produção - Alexandre Vale, Miguel Guía
Secretária de produção – Sandra Coelho, Margarida Ramos
Guião – Henrique Oliveira, António Cordeiro, José de Pina, Filipe Homem Fonseca

Episódios:
1ª Série
01: Objectivo Berlim
02: Intriga em Lisboa
03: Operação Águia
04: Duelo de Gigantes
05: Rumo a Tarento
06: Missão: Branca de Neve
07: O Ceptro de Akhnaton
08: O Segredo de Peenemunde
09: O Agente X
10: Notas Falsas
11: O Sósia
12: Nome de Código: Komet
13: Uma Noite em Casablanca
2ª Série
01: Traição Fatal
02: Milagre de Dunquerque
03: O Ninho da Águia
04: Missão no Tibete
05: Outubro Vermelho
06: S.O.S. Titanic
07: Destino Nova Iorque
08: Sob o Sol de Creta
09: Operação Vampiro
10: A Grande Fuga
11: O Enigma da Antárctida
12: Allo, Mona Lisa
13: O Dia da Libertação








Enviar um comentário Blogger